Clima
Fenômeno El Niño continua a influenciar o clima da região neste trimestre
14/09/2015|  Autor : Assessoria|   Fonte : Assessoria


No trimestre de setembro, outubro e novembro, de acordo com as análises de dados observacionais e prognósticos de modelos numéricos feitos pelo Sistema de Proteção da Amazônia (SIPAM), o indicativo é de que as águas superficiais do oceano Pacífico Equatorial manterão o padrão de aquecimento nas regiões de Niño, alterando a circulação atmosférica e modulando o clima durante esse período na Amazônia Legal.

Para Rondônia e Acre as chuvas deverão ocorrer próximas aos padrões climatológicos. Já a temperatura deve ficar ligeiramente acima da climatologia nos dois estados, bem como, no norte e sudeste paraense, centro-norte do Maranhão, no Tocantins, centro-leste do Amazonas, Roraima e Mato Grosso.

Ainda segundo o prognóstico realizado em conjunto pelos Centros Regionais do SIPAM (Porto Velho, Manaus e Belém) as chuvas deverão ficar abaixo da normal climatológica em grande parte da porção norte da Amazônia, abrangendo os estados do Amapá, Pará (norte paraense sudoeste, Baixo Amazonas, Marajó e região metropolitana de Belém e nordeste), noroeste do Maranhão, Roraima, centro-leste do Amazonas, e também no norte e nordeste do Mato Grosso.

Os meteorologistas ainda reforçam ser neste período do ano que ocorre o final da estação seca e início da chuvosa em grande parte da região, aumentando gradativamente e tornando mais intensa ao final do trimestre a precipitação no Acre, sul do Amazonas, Rondônia, sul do Pará e norte do Mato Grosso. Uma das principais características do período de transição entre o período seco e a temporada chuvosa é a ocorrência de fortes pancadas de chuvas, normalmente acompanhada de vendavais, como já foi observado em vários municípios do sul da Amazônia.


COMENTE COM O FACEBOOK


Portalrondonia Comunicações Ltda. E-mail: redacao@portalrondonia.com