educamais
Conectado por

Plural Saúde

G1

Chuva forte deixa ruas e casas alagadas e água invade hospitais em Porto Velho


Publicado por

em


Defesa Civil informou que monitora áreas de maior risco de alagamentos. Inmet emite alerta amarelo de chuvas intensas. Chuva causa transtornos em Porto Velho
A forte chuva que encobriu Porto Velho na tarde de sábado (31) causou alagamentos em casas, ruas e avenidas da cidade (veja acima). A água também invadiu parte dos hospitais de Base e Pronto Socorro João Paulo II. A Defesa Civil disse ao G1 que monitora as áreas de maior risco de inundação da capital. Não houve ocorrências, segundo o Corpo de Bombeiros.
O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) informou que há risco de mais chuvas fortes até pelo menos a próxima quinta-feira (5) e emitiu um alerta amarelo para chuvas intensas em todo o estado neste domingo (1º), que se estende até o fim da manhã de segunda (2) caso o quadro meteorológico não mude.
Conforme o coordenador da Defesa Civil, Rogério Félix, após o monitoramento das áreas mais afetadas pela chuva, como um trecho da rua da Beira, no bairro São João Batista, bairro Embratel e Avenida Calama, por exemplo, será enviado um relatório à prefeitura da cidade para que seja feita a limpeza e obstrução das áreas. O G1 entrou em contato com o executivo municipal e aguarda retorno.
“Foram 45 milímetros, bem acima da média para uma chuva normal, que varia entre 5 a 10 milímetros”, citou Rogério Félix.
Nas imagens obtidas pela Rede Amazônica, é possível ver a inundação formada pela chuva em alguns pontos da cidade. Um morador da cidade também enviou um vídeo onde mostra a altura que a água invadiu sua casa. Ele precisou elevar os móveis para que não fossem danificados.
Água da chuva invade hospitais João Paulo II e de Base, respectivamente, em Porto Velho.
Arquivo pessoal
Já nos hospitais, a água da chuva chegou a invadir um dos corredores, além dos banheiros do João Paulo II. No Hospital de Base, reflexos do temporal também foram notados no teto, pois a água começou a respingar a centímetros da lâmpada de luz de uma das áreas da unidade.
Procurada, a Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) informou, em nota, que todo o material à troca do telhado do hospital João Paulo II já foram licitados e comprados, mas ainda não foram entregues. Porém, reiterou que o problema se arrasta há anos e que só será resolvido após a troca do telhado.
A pasta cita ainda que está sendo feito um trabalho de manutenção neste domingo em ambas as unidades de saúde.
No Twitter, alguns internautas comentaram sobre a chuva na capital:
Initial plugin text
Initial plugin text
Initial plugin text
Chuva causou alagamentos em Porto Velho.
Arquivo pessoal
Motoristas se esforçaram para passar por alagamentos causados pela chuva que encobriu Porto Velho no sábado (31).
Arquivo pessoal
Alerta amarelo
Segundo o Inmet, deve chover de 20 a 30 milímetros ou até mesmo 50 milímetros em um dia, com ventos intensos que podem atingir entre 40 e 60 km/h.
Apesar disso, há “risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas” durante o período de alerta.
Inmet emite alerta amarelo de chuvas intensas para Rondônia.
Inmet/Reprodução
O Inmet também reforça que a população:
Em caso de rajadas de vento, não se abrigue debaixo de árvores, pois há risco de queda e descargas elétricas e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda;
Se possível, desligue aparelhos elétricos e quadro geral de energia;
Obtenha mais informações junto à Defesa Civil (199) e ao Corpo de Bombeiros (193).
VEJA A PREVISÃO DO TEMPO PARA A SUA CIDADE
Veja mais notícias do G1

Continua após a publicidade

Fonte: G1 Rondônia

Comentários do Facebook - Comente
Continuar leitura