Conectado por

Rondônia, sábado, 27 de novembro de 2021.



Exame

Descrito como antivírus, app para Android roubava dados dos usuários


Compartilhe:

Publicado por

em


Continua após a publicidade
Colégio Sapiens

A empresa de segurança virtual Eset identificou um malware que estava disfarçado de antivírus e disponibilizado para download na Play Store, a loja de aplicativos para Android. Chamado de Defensor ID, o programa era na verdade um trojan bancário capaz de roubar informações pessoais armazenadas nos smartphones de quem instalava o app.

O aplicativo esteve disponível na loja de apps desde o dia 3 de fevereiro e era descrito como um programa de segurança semelhante a um antivírus. Ele foi identificado como uma ameaça pelo Google e acabou sendo removido da plataforma de aplicativos pela companhia no dia 19 de maio.


Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

De acordo com a Eset, o aplicativo passava a funcionar como um trojan a partir do momento em que o usuário concordava em permitir que o programa acessasse configurações de acessibilidade e dados do sistema do dispositivo para capturar informações digitadas na tela do aparelho.

Aos usuários que baixaram o aplicativo, a recomendação é eliminar qualquer vestígio do programa no smartphone e usar um antivírus adequado para fazer uma varredura por eventuais arquivos maliciosos na memória do aparelho. Também vale trocar as senhas e utilizar um mecanismo de autenticação em dois fatores para e-mails, redes sociais e serviços bancários.

Fonte: Revista Exame

Publicidade

educamaisbrasil educamaisbrasil

Últimas notícias

Facebook