PublicidadeDJ90

A deputada federal Jaqueline Cassol, více-líder do Progressistas na Câmara dos Deputados, protocolou emenda supressiva à Reforma da Previdência para não alterar a aposentadoria dos professores e garantir os direitos constitucionais desta categoria. A parlamentar conseguiu 273 assinaturas em apoio à emenda 24/2019, que será discutida na Comissão Especial que analisa a PEC6/2019.

A proposta de Jaqueline Cassol é manter como está a idade mínima, o tempo de contribuição e as regras de transição para os professores. Para a deputada, é essencial proteger essa categoria. “O professor é o profissional mais importante para o crescimento e desenvolvimento do país, pois forma todos os outros profissionais. O empobrecimento do ensino básico, a desvalorização dessa categoria é o que causa a falência econômica e social no país”, destacou a deputada.

A proposta protocolada não adia ou altera o andamento da Reforma da Previdência na Câmara dos Deputados. A matéria será discutida juntamente às demais emendas feitas pelos deputados na Comissão Especial. Jaqueline Cassol ressalta que é a favor da reforma, mas são necessários ajustes no texto para que os trabalhadores não sejam prejudicados. A deputada também apoiou emendas que sugerem alterações no texto para os trabalhadores rurais e para o Beneficio de Prestação Continuada (BPC).

Para a deputada a educação é prioridade, e valorizar os professores é fundamental. “A educação é o alicerce básico para o desenvolvimento do país, e valorizar o professor é o primeiro passo rumo ao progresso do Brasil”, finalizou Jaqueline Cassol.