PublicidadeBolsas de Estudos com até 70% de desconto

Na última quarta-feria (23), o Diretor Técnico Wagner Zacarini e o Coordenador Comercial e Negócios, Ariosto Costa, receberam na sede da Companhia, o prefeito de Costa Marques Vagner Miranda, para tratarem da negociação do débito de contas de água do município com a Caerd. O encontro definiu as condições de pagamento da dívida, fator essencial para a regularização da situação da prefeitura junto à companhia.

Além do prefeito, assessoria jurídica e outros membros do executivo, como secretários participaram da conversa, que buscou entendimento para uma dívida acumulada ao longo de anos de outras gestões, o que segundo os números apontados chega a R$ 2.400,000,00 mil, somente de débitos dos prédios públicos.

Ariosto Costa, coordenador comercial, foi quem abriu a negociação com a prefeitura, além dele, outros nomes representaram a empresa, como, Armando Nogueira, chefe da divisão de cobranças, Walmir Brito, superintendente comercial.

Os débitos, não apenas de Costa Marques, mas de muitas outras prefeituras, têm causado problemas à Caerd e também aos municípios, uma vez que, sem receber as contas de água, a Companhia fica com dificuldade para investir na melhoria dos serviços, e todos saem perdendo. Segundo o Coordenador, a empresa está convidando os prefeitos para discutir e negociar os débitos e que esse convite está tendo boa receptividade.

As condições oferecidas pela Caerd às prefeituras leva em conta as dificuldades enfrentadas pelos municípios e a sua capacidade para quitar as dívidas. Dessa forma, o município passa a pagar em dia suas contas, juntamente com a parcela da dívida atrasada.

Durante a discussão a proposta aceita, tanto pelo governo municipal e a companhia foi de que, será feito uma inspeção nos prédios públicos para verificar possíveis vazamentos, e outros tipos de desperdício de água, as trocas de hidrômetros nesses locais, parceria do município com a Caerd no sentido de ceder um funcionário da prefeitura para em ação conjunta com a empresa detectar questões relativas a possíveis desperdícios nos setores públicos.

Na visita da Caerd, o prefeito esteve acompanhado do seu secretário de Fazenda, Junior Costa, Assessor de Gabinete Sherman Paes e Dra. Ivonete Caja, Advogada da Arom.