PublicidadeBolsas de Estudos com até 70% de desconto

Com o enredo “Do Forte Príncipe ao Porto. Hoje Bainha é Rei, na Corte do Tigre”, a escola de samba Asfaltão é tricampeão do Carnaval portovelhense. A agremiação (Asfaltão) obteve 178,5 pontos, seguido da Império do Samba, com 177,2 e São João Batista, com 176,8. A Diplomatas do Samba ficou em quarto lugar com 175,7 pontos, com isso foi para o grupo de acesso.

A apuração foi realizada no final da tarde deste domingo,25, no Mercado Cultual de Porto Velho, com a participação da população e dos integrantes das agremiações.

A escola Acadêmicos da Zona Leste ficou em primeiro lugar no grupo de acesso, com 176,1, garantindo o grupo de acesso em 2019.  A Armário Grande, também do grupo de acesso, ficou em segundo com 175,4 pontos.

Baile

Logo após a divulgação do resultado, ocorreu também no Mercado Cultural o baile “Devolve a Chave”, quando o rei Momo e sua corte fez a devolução da chave da cidade ao presidente da Funcultural, Ocampo Fernandes, encerrando, assim, o período momesco na capital.

Desfile

O desfile foi realizado na noite de sábado no Parque dos Tanques. O público tomou conta das arquibancadas após as 22 horas. A última escola a desfilar foi a Asfaltão, que atravessou a avenida sob forte chuva.

Jurados

São dez jurados que julgam as agremiações – cada um fica responsável em analisar um quesito, porém o enredo é julgado por dois jurados. Os julgadores são escolhidos pela Federação das Escolas de Samba (Fesec). É feita uma relação com diversos nomes, entre esses são selecionados dez. Essa lista final é enviada às escolas para ser avaliada. Todos os escolhidos são ligados, de alguma forma, as artes.

O quesitos avaliados pelos jurados são enredo, evolução, bateria, mestre-sala e porta-bandeira, comissão de frente, alegoria e adereços, harmonia, fantasia e samba-enredo.

Destaque

O presidente da Funcultural parabenizou as agremiações carnavalescas pela forma civilizada com que disputaram o título. “É assim que se faz Carnaval, a Asfaltão é campeã este ano, mas no próximo tem de novo”, declarou.

Ele destacou ainda a qualidade na produção dos carros alegóricos e das fantasias de todas as escolas. Ele citou em especial o empenho da Fesec em realizar o desfile, fazendo com que a federação se fortaleça ainda mais.

Império

Ocampo Fenandes fez uma menção em especial ao presidente da Império do Samba, senhor Mirim que, com força de vontade, levou a escola à avenida obtendo o segundo lugar. “A agremiação mostrou que, mesmo sem muito recursos, tem condições de fazer uma desfile de excelente qualidade”.