SUFRAMA e SEC discutem parcerias em projetos culturais

A articulação de parcerias voltadas à Cultura, como o apoio das fábricas do Polo Industrial de Manaus (PIM) em projetos socioculturais, foi um dos temas discutidos em reunião envolvendo o superintendente da SUFRAMA, Appio Tolentino, e o secretário de Estado da Cultura, Denilson Novo, nesta segunda-feira (19), na sala do Gabinete da autarquia.

“A SUFRAMA não visa ao crescimento econômico pura e simplesmente, mas busca o desenvolvimento socioeconômico. A cultura, nesse sentido, é o maior aliado para atingirmos esse nível de desenvolvimento mais amplo e completo. A ideia é aprofundar a parceria entre a SUFRAMA e a SEC (Secretaria de Estado da Cultura) para a promoção de eventos e programas culturais que impactem positivamente a população”, explicou Tolentino.

Na parceria entre as entidades está prevista a curadoria e apoio técnico da SEC na criação de um museu com a história da Zona Franca de Manaus (ZFM). O projeto conta também com a participação da Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur) e deverá incluir exposição de produtos que já deixaram de ser fabricados por conta da evolução tecnológica.

Outro ponto discutido foi a cessão de cantores e músicos da SEC para o momento cívico em eventos promovidos pela autarquia, como as reuniões do Conselho de Administração da SUFRAMA (CAS). “Queremos também que a SUFRAMA use as dependências do Centro Cultural dos Povos da Amazônia para reuniões especiais, como a de encontros com ministros”, salientou o secretário.

O titular da SEC solicitou, ainda, apoio da autarquia para a articulação junto às empresas do PIM no incentivo, por meio da Lei Rouanet, em projetos socioculturais, como o Festival de Ópera, formação de corais populares, e concurso de bandas e fanfarras. “Sabemos que muitas das empresas têm seu centro decisório fora daqui, mas contamos com a SUFRAMA para ajudar nessa aproximação. Estamos idealizando, ainda, uma espécie de vale-cultura para operários do Polo participarem de atividades culturais. Também planejamos envolver as fábricas na promoção interna de concursos culturais de música, artes plásticas. A SUFRAMA é uma parceira ideal para sacudirmos o sistema e o cenário cultural da região”, ressaltou Novo.