Conectado por

Rondônia, sexta, 12 de abril de 2024.

Tecnologia

Ifood demite 10% do seu quadro de colaboradores


Compartilhe:

Publicado por

em

Ifood demite 10% do seu quadro de colaboradores

No final de fevereiro de 2023, o iFood, empresa brasileira de entrega de alimentos, anunciou a demissão de 355 funcionários, o que corresponde a cerca de 10% de seu quadro de funcionários. A decisão gerou preocupação entre os funcionários e o público em geral, que se perguntam por que a empresa tomou essa medida.

De acordo com comunicado oficial divulgado pela empresa, a demissão faz parte de uma reestruturação que visa aumentar a eficiência e reduzir custos. Segundo a nota, a empresa passou por um período de rápido crescimento nos últimos anos, o que resultou em uma estrutura complexa e redundante em algumas áreas. A reestruturação, portanto, tem como objetivo simplificar e otimizar processos, reduzindo custos e tornando a empresa mais ágil e competitiva.

Relacionadas:

Clientes iFood relatam preços mais altos para quem tem cupom; empresa nega

Restaurantes criam delivery próprio para fugir da dependência do iFood

Procon multa iFood em R$ 1,5 mi por restaurantes com nomes de políticos

Investimento e inovação

Além disso, o iFood afirmou que pretende investir em tecnologia e inovação, e que parte dos recursos economizados com as demissões será direcionada para esse fim. A empresa também reiterou seu compromisso com os funcionários e disse que está trabalhando para minimizar o impacto das demissões, oferecendo pacotes de benefícios e suporte para recolocação no mercado de trabalho.

Demissões dolorosas

Embora as demissões sejam uma medida dolorosa e impactante para os funcionários envolvidos, é importante ressaltar que empresas precisam constantemente avaliar e ajustar suas estruturas para se manterem competitivas em um mercado cada vez mais dinâmico e exigente. A reestruturação do iFood parece estar alinhada com esse objetivo, e só o tempo dirá se a empresa será capaz de manter sua posição de liderança no setor de entrega de alimentos.

Compartilhe: