Conectado por

Rondônia, quarta, 17 de agosto de 2022.

Eleições

ELEIÇÕES 2022: PP confirma Ivo Cassol ao Governo e Jaqueline Cassol ao Senado


Compartilhe:

Publicado por

em

Convenção realizada em Rolim de Moura confirmou ainda os nomes para a disputa da Assembleia Legislativa e Câmara Federal


Continua após a publicidade
Colégio Sapiens

O Progressistas confirmou em convenção, realizada em Rolim de Moura, na manhã desta sexta-feira (05), o nome de Ivo Cassol como pré-candidato ao Governo e de Jaqueline Cassol ao Senado. O nome do pré-candidato a vice-governador ainda não foi definido, mas os pré-candidatos a deputado federal e estadual do partido já foram escolhidos.

A definição do nome de Ivo Cassol ao Governo ocorre um dia depois de o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Nunes Marques, conceder tutela provisória de urgência incidental, liberando-o para participar da convenção do partido e registrar sua candidatura.


Continua após a publicidade

“Sempre tive fé em Deus e continuo com mais ainda. Agradeço a quem torceu, a quem orou por nós. Podem dizer para seus familiares e amigos: Ivo Cassol é sim o pré-candidato ao Governo. Levem essa mensagem. Estou disputando com uma liminar, é verdade. Em 2010, disputei também com liminar e fiquei os oito anos de mandato no Senado. Não entro na disputa com medo, não tenho medo de governar”, declarou Cassol.

Ele comentou sobre ter ingressado na disputa quando os nomes dos concorrentes já estavam postos. “O que segura a minha pré-candidatura é o trabalho, é a vontade e o que a gente constrói, e eu sempre construí em base sólida. O povo precisa de um Governo que faz e que tem coragem de ter contato com as pessoas. Quando era governador, tinha bancada contra e a maioria da Assembleia também. Mas, mesmo assim, fizemos muito e o povo reconhece até hoje”.

Cassol falou sobre as ações que implantou quando esteve no Governo, entre 2003 e 2010. “Cadê os programas que criamos para apoiar o homem do campo, como a distribuição de sementes e as horas máquinas? Acabaram com tudo. Vamos fazer asfalto de novo, cuidar do que precisa ser cuidado. Não precisamos mais do que olhar para o que fizemos e o que eles não fizeram, desde que deixei o Governo. Pode andar nos quatro cantos de Rondônia: eu conheço todos os lugares e tenho ações e trabalho em todos eles”.

Eles destacou também que “a família é a nossa base, o nosso alicerce. Meus pais, Elga e Reditário, minha esposa Ivone Cassol. Meus filhos Ivo Junior, Karine e a Juliana e meus oito netos. Aproveito para destacar o trabalho que a minha irmã, Jaqueline Cassol, tem feito como deputada federal e preciso da competência e do trabalho dela, para fortalecer a nossa gestão”.

O presidente de honra do PP ressaltou a importância de, além do apoio de uma senadora, eleger uma boa bancada federal e uma representatividade na Assembleia Legislativa, e por fim, garantiu que “a minha campanha é limpa e transparente: quem estiver conosco, não pode fazer nada errado. Vamos vencer pela honestidade, integridade e caráter. Não tem eleição ganha ou perdida. Vamos trabalhar, vamos levar a nossa mensagem e vamos buscar resolver no primeiro turno. Vou andar por Rondônia, para recuperar o tempo perdido”.

Jaqueline Cassol

Escolhida como a pré-candidata do partido ao Senado, Jaqueline Cassol abriu a sua fala destacando o legado que a sua família já construiu em Rondônia. “A nossa família construiu uma história em Rondônia. Oramos e esperamos em Deus e hoje estamos aqui, o Ivo Cassol como nosso pré-candidato a governador e eu pré-candidata ao Senado e vamos trabalhar juntos, para que Rondônia cresça de verdade”.

Ela lembrou que “o Ivo quando governador, ele investiu na agricultura, abriu estradas, fez muito pela saúde e educação. Hoje, se diz que tem dinheiro no caixa, mas vejam como estão as nossas estradas, a maioria sem condições. Falta apoio para o produtor rural, falta segurança para o cidadão e isso tenho certeza de que vai mudar. Rondônia vai ter dinheiro, mas vai ter ação, vai ter projeto, vai ter trabalho”.

De acordo com Jaqueline, “quero ser senadora porque, nesses três anos e meio, percorrendo os 52 municípios, levando recursos, onde destinei mais de R$ 220 milhões, vi as necessidades e estou mais experiente para buscar o apoio para fortalecer a nossa Rondônia. Fui autora da lei do Revalida, para facilitar quem se formou em medicina fora do país a conseguir o seu registro profissional. Fui autora da lei Henry Borel, sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro recentemente, para proteger as nossas crianças”.

Ao final, ela disse que “quero ser a senadora que defende a vida, a família, a mulher, o agricultor, o comerciante, o estudante, o servidor público, a população de Rondônia. Todos os que estão aqui, levem a mensagem aos quatros cantos: Juntos vamos reescrever a história da nossa Rondônia. O nosso futuro é pra já”.

Publicidade

Governo de Rondônia educamaisbrasil

Últimas notícias

Facebook