Conectado por

Rondônia, segunda, 29 de novembro de 2021.



G1

Câmera filmou assassino levando menino para casa onde o asfixiou após tentar estuprá-lo em RO


Compartilhe:

Publicado por

em


Suspeito atraiu criança até casa abandonada após prometer dinheiro caso menino o ajudasse na limpeza do local. Paulo César Gomes confessou o homicídio e está preso há uma semana em Rolim de Moura. Homem levou menino para casa abandonada após prometer dinheiro por ajuda em limpeza de imóvel
Polícia Civil / arquivo
A Polícia Civil teve acesso a imagens de uma câmera que mostram o menino Wanderson Correia, de 10 anos, momentos antes dele entrar na casa onde seria asfixiado e morto por um homem em Rolim de Moura (RO). A hipótese que o suspeito tenha estuprado a criança não foi descartada e a polícia aguarda o laudo pericial.
O corpo do menino de 10 anos, já em início de estado de decomposição, foi encontrado na última sexta-feira (15) em uma casa abandonada da cidade.
Wanderson Correia foi morto por Paulo César Gomes, de 40 anos. Em depoimento na delegacia, o suspeito confessou o homicídio e disse ter levado o menino até a residência com a intenção de estuprá-lo.
RELATO: Suspeito que matou menino asfixiado é ‘muito frio e não demonstra arrependimento’
VÍDEO: Veja a casa onde menino de 10 anos foi encontrado morto em Rolim de Moura
VÍDEO: Wanderson estava indo para a casa da irmã quando foi asfixiado por assassino
Ao g1, o delegado responsável pela investigação, Daniel Roffman, disse que o argumento usado pelo suspeito, para atrair a criança até a casa, foi uma promessa de pagamento em dinheiro caso a vítima o ajudasse na limpeza do local.
O menino aceitou ajudar o homem na limpeza e imagens da câmera de segurança de uma casa, próximo ao local onde Wanderson foi morto, mostram o suspeito andando ao lado do menino (a caminho da casa abandonada).
Wanderson Correia, de 10 anos, foi morto por Paulo Cesar Gomes, de 40 anos, em casa abandonada
WhatsApp/Reprodução
Segundo a polícia, Paulo ficou pelo menos uma hora junto com o menino na casa onde ocorreu o homicídio.
A polícia ainda aguarda o exame que pode comprovar se Wanderson foi estuprado antes de ser morto pelo suspeito.
“Dá pra ver o infrator entrando com a criança e saindo depois de 1h03, sozinho em um bicicleta. Relatei em inquérito com o local do crime e imagens”, diz o delegado.
Imagem mostra suspeito saindo sozinho do local onde corpo de menino foi achado
Polícia Civil / arquivo
“Foi feita a coleta legal pelo médico legista e encaminhada à cidade de Porto Velho. A gente ainda não teve o retorno em relação a esse laudo. Mas o resultado demora um pouco mesmo. Caso comprove a presença de sêmen, a gente fará a confrontamento”, disse o delegado.
Após ser ouvido pela polícia, o suspeito confessou o crime e disse que a intenção dele era estuprar Wanderson, mas como o menino correu, ele pegou a camiseta da vítima e a matou asfixiada.
Segundo o delegado, Paulo é um suspeito ‘muito frio’, conhecido do meio policial e não demonstrou nenhum arrependimento. O suspeito já foi condenado por dois crimes de estupro e tem passagem na delegacia por furto.
Casa onde menino Wanderson Correia foi achado morto em Rolim de Moura
PC-RO/Divulgação
Depoimento da mãe
Na última terça-feira (19), a mãe do menino esteve na delegacia para ser ouvida e assim a polícia ter mais informações sobre os últimos minutos de vida da criança.
A família notou o desaparecimento do menino na quinta-feira (14), um dia antes de Wanderson ser encontrado morto.
Durante depoimento, a mãe do menino ficou emocionada e chorou bastante, chegando a passar mal.

Continua após a publicidade
Colégio Sapiens

Fonte: G1 Rondônia

Publicidade

educamaisbrasil educamaisbrasil

Últimas notícias

Facebook