Conectado por

Rondônia, quarta, 01 de dezembro de 2021.



Exame

Cooperativas suportam baque da pandemia e crescem na adversidade


Compartilhe:

Publicado por

em


Continua após a publicidade
Colégio Sapiens

Um dos motores da economia brasileira, em particular aquela impulsionada pelo agronegócio no interior do país, o cooperativismo mostrou estar preparado para suportar baques do tamanho de uma pandemia — e crescer no cenário adverso. Em meio ao choque causado pela pandemia, as maiores cooperativas do Brasil seguiram com o pé no acelerador.

Vide o caso da ­Coamo, fundada em 1969 por um grupo de agricultores de soja de Campo Mourão, no interior paranaense e hoje um negócio com mais de 7.000 cooperados em três estados. Em 2020, a cooperativa faturou 19,2 bilhões de reais — 44% acima do ano anterior. O desempenho fez a Coamo consolidar-se como a 41a maior empresa no ranking MELHORES E MAIORES. Na lista das 24 maiores cooperativas do país, nenhuma teve queda nas receitas em 2020.  

<span class=”hidden”>-</span>Arte/Exame

Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

Fonte: Revista Exame

Publicidade

educamaisbrasil educamaisbrasil

Últimas notícias

Facebook