Conectado por

Rondônia, terça, 26 de outubro de 2021.



educação

Concurso vai premiar profissionais de educação em Porto Velho


Compartilhe:

Publicado por

em

As inscrições foram prorrogadas até dia 15 de outubro


Continua após a publicidade
Colégio Sapiens

Objetivo é reconhecer e valorizar as práticas pedagógicas inovadorasObjetivo é reconhecer e valorizar as práticas pedagógicas inovadorasA Prefeitura de Porto Velho, no início do segundo semestre deste ano, lançou a 3ª Edição do Prêmio Boas Práticas que traz a temática “Ensino Remoto e/ou Híbrido: Superando Desafios”.

Segundo a Secretaria Municipal de Educação (Semed), o objetivo é reconhecer e valorizar as práticas pedagógicas inovadoras dos professores e profissionais das escolas da rede pública municipal de ensino que, excepcionalmente em 2021, neste momento de afastamento social devido à pandemia da covid-19, inovaram suas práticas por meio do ensino remoto e o ensino híbrido.


Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

Podem participar do concurso gestor escolar e professores que atuam na educação infantil, ensino fundamental, educação de jovens e adultos, e atendimento educacional especializado (salas de recursos multifuncionais), lotados nas unidades escolares da rede pública municipal de ensino.

Serão premiados dez projetos, que atendam aos critérios estabelecidos pelo edital em consonância com o tema deste ano. A premiação será uma viagem para realizar uma visita técnica para conhecer as práticas educacionais exitosas de outro município de outro estado brasileiro.

As inscrições foram prorrogadas até dia 15 de outubro, data alusiva ao dia dos professores, e podem ser feitas na sede da Semed, localizada na Rua Elias Gorayeb, 1514, Bairro Nossa Senhora das Graças.

“São ações que otimizam as práticas do dia a dia nas escolas e ambientes escolares. Nas outras edições, a Semed contou com a participação de projetos com excelentes práticas exitosas e, este ano, espera-se que hajam várias inscrições de profissionais que fazem um trabalho inovador frente ao ensino remoto e/ou hibrido”, comentou Gláucia Lopes Negreiros, secretária da Semed.

Texto: Semed
Foto: Wesley Pontes e Leandro Morais

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Publicidade

GOVERNO DE RONDÔNIA educamaisbrasil educamaisbrasil

Últimas notícias

Facebook