RONDONIA RO
Conectado por

Rondônia, terça, 03 de agosto de 2021.



G1

Veja calendário de pagamento do Programa AmpaRO; benefício será de R$ 100


Compartilhe:

Publicado por

em


1ª e 2ª parcela disponibilizada na sexta-feira (26). Famílias cadastradas em 2020 irão receber o benefício por seis meses. Mais de 28 mil famílias devem receber auxílio de R$ 100 em Rondônia
GETTY IMAGES via BBC
As duas primeiras parcelas do Programa de Transferência de Renda Temporária (AmpaRo) serão pagas na próxima sexta-feira (26), segundo o Governo de Rondônia. Cerca de 28 mil famílias devem receber o benefício de R$ 100 por seis meses.
Segundo o governador Marcos Rocha (sem partido), o retorno do programa foi necessário por causa dos impactos financeiros causados às famílias, pois a pandemia da Covid-19 continua em 2021.
Veja o calendário de pagamento:
1ª e 2ª parcela disponibilizada na sexta-feira, 26 de fevereiro;
3ª parcela disponibilizada dia 18 de março;
4ª parcela disponibilizada dia 16 de abril;
5ª parcela disponibilizada dia 18 de maio;
6ª parcela disponibilizada dia 17 de junho.
O valor total será de mais de R$ 50 milhões, somando as seis parcelas de 2020 com as seis de 2021. Segundo o Governo de Rondônia, os recursos são do Fundo de Erradicação da Pobreza (Fecoep).
Aplicativo e saques
De acordo com o governo, pelo aplicativo “Caixa TEM”, os beneficiários poderão realizar pagamentos de boletos, transferências e compras. As pessoas que enfrentarem dificuldades de acesso ao aplicativo poderão receber o pagamento no caixa eletrônico até o último dia útil do mês em curso, conforme o NIS.
Programa
O AmpaRo foi criado em julho de 2020 e beneficiou cerca de 28 mil famílias em situação de vulnerabilidade social cadastradas no Programa Bolsa Família, com renda per capta familiar declarada no Cadastro Único de até R$ 89.
Inicialmente, o complemento de renda pago pelo estado era de R$ 200, pelo aplicativo Caixa Tem. A 6ª parcela do AmpaRo foi depositada em dezembro.
Veja mais vídeos do G1 Rondônia

Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

Fonte: G1 Rondônia