RONDONIA RO
Conectado por

Rondônia, sábado, 17 de abril de 2021.



Geral

Estudante de Odonto e frentista é contrato por dentista dos famosos e história viraliza


Compartilhe:

Publicado por

em


Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

 

Perseverante, Leonardo quer ser referência para outros jovens

 

Para a vida de Leonardo Souza, 25, a frase “nada é por acaso” faz muito sentido. O estudante do quarto ano de Odontologia ficou conhecido após a sua contratação pelo dentista dos famosos, Roberto Viotto, repercutir na internet. O acaso em questão é que ambos se conheceram em um posto de gasolina em que Leonardo trabalhava como frentista.

Leonardo cursa Odontologia há três anos, na Universidade Ibirapuera, com bolsa parcial pelo Prouni. A realização do sonho começou quando ele completou dois anos de trabalho como frentista e viu a possibilidade de começar a pagar seu curso universitário. No dia em que foi abordado pelo dentista, Leonardo estava de férias, mas precisou ir trabalhar para cobrir a ausência de um colega. Nesse dia, ele ia pela manhã, mas resolveu ir pela tarde.

Sem conhecê-lo, distante dali estava Viotto, que não costumava passar pelo posto onde Leonardo trabalhava, mas naquele dia decidiu abastecer o carro em um posto diferente e, dessa vez, encontrou Leonardo, que trabalhava lá há quatro anos.

“Já seguia ele no Instagram, na hora que ele abaixou o vidro do carro eu o reconheci na hora. Falei que ele é uma inspiração pra mim na profissão. Contei que também tenho o sonho de ser dentista”, revela o estudante.

Durante poucos minutos de conversa, ambos descobriram o gosto em comum pela Odontologia e, de imediato, Viotto deu a Leonardo a chance de trabalhar em seu consultório. 

“Eu abastecendo o carro, ele me contou resumidamente sua história e pensei: ‘esse rapaz será́ um ótimo dentista, vou levar ele para trabalhar comigo!’”, escreveu Viotto, em seu Instagram. 

A escolha por estudar Odontologia surgiu quando ele usou aparelho ortodôntico, na juventude, e passou a se interessar pela ortodontia. Contudo, para conseguir pagar a faculdade, além do trabalho no posto de gasolina, nas horas vagas ele trabalhava como motorista de aplicativo. Agora, trabalhando no consultório odontológico, ele ganhou mais um incentivo para continuar estudando. 

Quando questionado sobre seus planos para o futuro como dentista, Leonardo é assertivo: “depois que me formar quero ser referência para outros jovens e conseguir ajudar outras pessoas com meu trabalho”.

 

Fonte: Agência Educa Mais Brasil