Conectado por

Plural Saúde

Exame

Banido do Twitter, Trump diz que pensa em criar sua própria plataforma


Publicado por

em

Donald Trump disse que pensa em criar sua própria plataforma após ter sido suspenso permanentemente do Twitter na última sexta-feira, 8. A suspensão ocorreu dois dias após apoiadores do presidente dos Estados Unidos invadirem o Congresso em ato violento que resultou em 5 mortes.

Trump enviou os últimos tweets em sua conta do governo @POTUS, com 33,4 milhões de seguidores, que, na sequência, foram excluídos pela empresa. O Twitter havia suspendido horas antes sua conta pessoal @realDonaldTrump e a conta de campanha @TeamTrump.


Continua após a publicidade

A empresa disse que as contas usadas por Trump para tentar contornar a proibição podem enfrentar suspensão permanente também sob suas políticas.


Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

“Calaram-me a mim e a vós, os 75 milhões de grandes patriotas que votaram em mim”, declarou Trump em mensagem na conta @POTUS, agora excluída.

A decisão do Twitter não é única nas redes sociais. Na quinta-feira, 7, o presidente do Facebook, Mark Zuckerberg, já havia anunciado uma suspensão por tempo indefinido da conta de Trump no Facebook e no Instagram. Segundo Zuckerberg, as contas estarão suspensas pelo menos até a posse de Joe Biden, no próximo dia 20.


Continua após a publicidade

Fonte: Revista Exame

Comentários do Facebook - Comente

Publicidade

Mais destaques

Facebook