Giardinni SBS
Conectado por

Plural Saúde

G1

Rondônia registra mais 5 mortes por Covid-19 e chega a 1.421 óbitos nesta sexta-feira, 16


Publicado por

em


Casos chegam a 68.823. Estado tem 61.890 pacientes recuperados do novo coronavírus, segundo Secretaria Estadual de Saúde (Sesau). Reprodução em 3D do modelo do novo coronavírus (Sars-CoV-2) criada pela Visual Science. Dentro do verde mais claro, as bolinhas vermelhas representam o ‘centro’ do vírus, o genoma de RNA; as bolinhas verdes são proteínas ‘especiais’, que protegem esse material genético. Ao redor do verde, o vermelho mais fraco é a ‘casca’, feita de uma membrana retirada da célula hospedeira. O vermelho mais vivo são as proteínas ‘matrizes’ codificadas pelo vírus. As ‘pontas’ que saem do vírus são as ‘lanças de proteínas’, que o vírus usa para se conectar às células hospedeiras e infectá-las.
Reprodução/Visual Science
Foram registradas cinco mortes em decorrência da Covid-19 em Rondônia nesta sexta-feira (16), segundo boletim de saúde divulgado pela Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e Secretaria de Estado da Saúde (Sesau). Também houve 211 novos casos da doença.
Com esses números, Rondônia está com 1.421 vítimas fatais do novo coronavírus e 68.823 pessoas infectadas desde o começo da pandemia – 61.890 já se recuperam.
Os óbitos foram registrados em 2 cidades, sendo:
4 em Porto Velho – dois homens (40 e 68 anos) e duas mulheres (84 e 86 anos); e
1 em Candeias do Jamari – uma mulher (a idade não foi informada).
Também foi informado que o estado tem:
5.512 casos ativos
159 pacientes internados
218.836 testes realizados
346 aguardando resultados dos exames no Lacen
*Dados de março são contabilizados a partir do dia 20, quando o Estado reconheceu o primeiro diagnóstico de Covid-19.
**Dados de outubro são contabilizados do dia 1º até a data de publicação desta matéria.
Agora é assim? O que mudará na infância após a pandemia?
Initial plugin text

Continua após a publicidade

Fonte: G1 Rondônia

Comentários do Facebook - Comente
Continuar leitura

Publicidade

Mais destaques

Facebook