educamais
Conectado por

Plural Saúde

Folha

Caetano Veloso diz ainda ser o agente desvirilizante e subversivo preso na ditadura


Publicado por

em

Nos dois meses em que esteve preso, na virada de 1968 para 1969, Caetano Veloso não viu seu próprio rosto. Guardada nos arquivos da ditadura, uma fotografia preservou a cara do artista na cadeia sem espelhos: rosto magro, corte militar, olhar mais rijo que triste.
Leia mais (09/05/2020 – 23h59)

Continua após a publicidade

Fonte: Folha de São Paulo

Comentários do Facebook - Comente
Continuar leitura

Publicidade

Mais destaques

Facebook