Conectado por


Geral

Rondônia tem índice de quase 12% de mortes violentas

Publicado por

em

Segundo as Estatísticas de Registro Civil, divulgadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2018, Rondônia ficou na sexta posição no ranking de mortes por causas não naturais, com uma taxa de 11,74%, maior que o índice brasileiro (8,4%).

------- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -------

O número representou uma leve queda em relação ao ano de 2017, quando 12,18% das mortes foram violentas (homicídios, suicídios e acidentes de trânsito). Os homens foram 83% destes registros.

Eles também são maioria quando consideradas as mortes naturais e violentas: 62%. O analista do IBGE, Jorge Elarrat, explica que os homens são maioria das mortes violentas em decorrência do estilo de vida. “Eles se envolvem mais com a criminalidade, são mais imprudentes no trânsito e vão menos ao médico que as mulheres”.

------- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -------

Os jovens de 20 a 24 anos são as principais vítimas da violência em Rondônia. Em 2018, esta faixa etária representou 10,18% das mortes por causas não naturais, sendo que 87% eram do sexo masculino. No Brasil, 13,59% das mortes violentas foram de jovens com estas idades.

Os estados que lideram o ranking de mortes por causas não naturais são: Amapá (16,59%), Pará (14,54%), Tocantins (14,13%), Sergipe (12,99%) e Ceará (12,63%).

Publicidade

Apostas Esportivas Online Betway

Educa Mais Brasil

Mais destaques

Facebook