Conectado por


Nacional

Dia do Profissional da Propaganda: profissionais refletem sobre a área

Publicado por

em

Em 2018, setor apresentou crescimento de 36% no número de anunciantes

Com um campo vasto para atuação, os profissionais de publicidade e propaganda podem usar seu lado criativo na TV, rádio, revistas, internet, jornais e nas redes socais, segmento que vem crescendo significantemente no mercado, é o que sinaliza o publicitário Edgar Santos. “Com as redes sociais, existe uma nova forma de conversar com o público, o profissional de publicidade pode ser a ponte do cliente com a agência. As oportunidades são quase infinitas”.

Nesta quinta, 17 de outubro, comemora-se no país o Dia Profissional da Propaganda. E, diferente do cenário de outras áreas que se encontram saturadas, os publicitários que têm a criatividade como matéria-prima têm algo a comemorar: em 2018 houve um aumento de 36% no número de anunciantes e mais de 54 mil marcas invadiram os espaços publicitários, segundo o estudo da Retrospectiva e Perspectivas, da Kantar IBOPE Media.

Edgar, que há 17 anos atua na área, ressalta a importância de os publicitários mais jovens possuírem um olhar mais atento. “Hoje, o estudante deve olhar cada vez mais cedo para o mercado e já pensar para onde vai direcionar seus esforços futuramente. Afinal, estar ciente da realidade do mercado, deixa o profissional mais preparado”, aconselha o publicitário

Cris, como é conhecida a “publicitária nata” Cristiana Chaves

Cris, como é conhecida a “publicitária nata” Cristiana Chaves, mesmo sendo formada em marketing, trabalha desde sempre em publicidade e propaganda. “Costumo dizer que não sou mídia de formação, mas mídia de coração. Entrei no mercado e acabei me apaixonando. Estou atuando há 18 anos. Comecei a trabalhar desde o 1º semestre de faculdade nesta área. O profissional pode atuar na área comercial, marketing, instituições. Afinal esta área é bem versátil”, explica a profissional”.

Ela ainda destaca que o maior desafio dos publicitários atualmente é se manter atualizado. “Vivemos em um contexto de mudanças diárias. A publicidade de hoje é bem diferente 10 anos atrás, principalmente com a chegada da era digital. É imprescindível estar atualizado, não só dentro da bolha da profissão, mas de forma geral mesmo”, aconselha.

 

Fonte: Agência Educa Mais Brasil