Conectado por

Plural Saúde

Nacional

“Estamos sendo roubados”, afirmam usuários durante manifesto contra aumento nas contas de energia


Publicado por

em

Continua após a publicidde:

O comparecimento de centenas de pessoas na frente da Energisa na manhã desta quinta-feira, 26, demonstra duas coisas claras. A primeira é que a reclamação contra a Energisa é geral. Tanto que uma manifestação que surgiu nas redes sociais e não foi puxada por nenhum grande sindicato, atraiu muita gente.

Com cartazes que denunciam que a empresa está lesando o consumidor com um aumento abusivo e que pelas reclamações atinge a maior parte das residências de Rio Branco. Outra reclamação é a falta de explicações convincentes. O sentimento que se tem é que ainda do diretor técnico da Energisa, Ricardo Xavier, à Assembleia Legislativa na última terça-feira, 24, trouxe mais dúvidas do que explicações sobre os absurdos aumentos.

Leia também:

Presidente Laerte Gomes denuncia descaso da Energisa com Seringueiras

Deputado Adailton Furia apoia CPI para investigar a Energisa

Alex Redano encabeça CPI que vai investigar atuação da Energisa

Internauta denúncia Energisa por cortar energia de idosa descumprindo ordem judicial

Nas redes sociais, todos os instantes há uma nova publicação de um usuário mostrando a diferença de valores entre a conta do mês passado e a atual e reclamando de que não houve nenhum consumo a mais que justifique o aumento no valor da conta de energia.

Além da população anônima que foi reclamar, a manifestação também contou com a presença dos deputados estaduais Jenilson Leite (PSB) e Roberto Duarte (MDB) que foram as principais vozes para a instalação de uma CPI na Aleac que tramita atualmente e busca investigar o alto preço da energia cobrado no Acre.

Foto: Jardy Lopes

Duarte afirmou que a população precisa não apenas se mostrar insatisfeita, mas procurar a justiça. “Estamos fazendo a nossa parte na Aleac, mas precisamos da ajuda de vocês. Temos 280 unidades consumidoras do Acre. Se entrarmos com 100 mil ações na justiça nós vamos travar a justiça do Acre e aí alguma resposta vamos ter” disse.

Os manifestantes entraram no prédio da Energisa e houve bate boca com servidores da empresa, já que o diretor da empresa se negou a descer de sua sala e conversar com a população.

Foto: Elias Jorge

Fonte: AC 24 horas

Comentários do Facebook - Comente

Publicidade

Mais destaques

Facebook