PublicidadeDJ90

O Conselho Estadual de Defesa do Consumidor do Estado de Rondônia (Condecon) se reuniu na tarde de terça-feira (12) com diversas entidades da sociedade civil organizada, a maioria do setor produtivo e empresarial, para acertar os últimos detalhes de um grande manifesto que acontecerá em todo o estado na próxima sexta-feira (15), às 16h, nas sedes da nova concessionária de energia elétrica em Rondônia, a Energisa.

As entidades, que logo após o encontro divulgaram um vídeo nas redes sociais convocando a população para o ato (assista aqui), prometem protestar contra o aumento na tarifa de energia elétrica que julgam abusivo, na ordem de até 27,5%.

“O movimento que iniciou com o ingresso de uma ação conjunta na Justiça Federal pelo Condecon, Ministérios Público Estadual e Federal, e Defensoria Pública, busca cada vez mais a adesão dos cidadãos que já se mostram indignados com esse golpe contra a população”, afirmou o presidente do Condecon, Gabriel Tomasete.

Na oportunidade, entidades como a Federação do Comércio de Rondônia (Fecomércio), Federação das Indústrias do Estado de Rondônia (Fiero), Federação das Associações Comerciais e Empresariais de Rondônia (Facer), Associação Comercial e Empresarial de Porto Velho (Acer), Associação Comercial e Industrial de Ariquemes (Acia), Associação Cidade Verde de Defesa do Consumidor (ACV), Associação das Indústrias Frigoríficas do Estado de Rondônia (Afrig), Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de Rondônia (Sinduscon), Sindicato das Micro e Pequenas Indústrias de Rondônia (Simpi) e a Grande Loja Maçônica de Rondônia (Glomaron) manifestaram seu irrestrito apoio pelo manifesto de repúdio ao aumento.

Alguns deles, como a Afrig e o Sinduscon expressaram a preocupação com os custos do aumento da tarifa de energia, os quais devem refletir no preço da carne e dos serviços para o consumidor final.

“Estamos juntos no combate a esse aumento abusivo, esse absurdo que estão fazendo com o povo de Rondônia. Nós não podemos pagar essa conta de erros de administrações passadas na gestão da energia elétrica”, ressaltou o representante da Glomaron, o grão-mestre Aldino Brasil.

Tomasete reforçou a importância da atuação rápida de toda a bancada federal e do Governo e evidenciou que até o momento a causa tem recebido apoio direto dos deputados federais Mauro Nazif, Jaqueline Cassol e Léo Moraes, onde este último esteve na Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para lutar contra o aumento e tem feito convocações à sociedade em suas redes sociais.

(Luiz Alexandre)