Conectado por


Destaque

Surto de ebola é o mais mortífero de sua história com 280 mortos

Publicado por

em

Surto de Ebola

O Ministério de Saúde da República Democrática do Congo (RDC) avaliou em 280 o número de mortes prováveis pelo surto de ebola no nordeste do país, segundo os últimos dados divulgados neste domingo por este organismo, um número que já iguala o mais mortífero da sua história.

Em um relatório divulgado com números atuais até 7 de dezembro, as autoridades mostram que o total de casos está em 489, dos quais 441 foram confirmados em testes de laboratório e 48 são prováveis.

Esta epidemia já igualou a mais mortífera da história da RDC, a que aconteceu na cidade de Yambuku, no norte do país, no final de agosto de 1976 e é considerado como o primeiro surto de ebola registrado.

Com uma taxa de mortalidade de quase 90%, naquela ocasião morreram por causa do vírus 280 pessoas dos 318 casos que aconteceram.

A atual epidemia é também a segunda maior de todo o mundo em número de casos, superando à registrada em Uganda entre 2000 e 2001, na qual foram contabilizados 425 casos e 224 mortes, e só atrás da declarada em 2014 na Guiné, de onde se expandiu para Serra Leoa e Libéria.