O Brasil é o país do futuro. Já ouviu esta expressão? Trata-se do título em português da obra do autor judeu-austríaco Stefan Zweig que chegou em nossas terras no final da metade do século XX (mais precisamente em Petrópolis, no então Estado da Guanabara que hoje é o Rio de Janeiro). Pois então, o tempo passou, o futuro já começou faz tempo e o nosso país já está inserido no mercado mundial emergente da tecnologia, ao lado de países como a Índia.

Mas você é capaz de afirmar que estamos mesmo no futuro da tecnologia? Vamos por partes então…

O que é IoT, a  Internet das Coisas

Esta nomenclatura Internet das Coisas (ou IoT, do inglês Internet of Things) resume toda a tecnologia comercial unida para formar uma rede de soluções agrupadas. Um exemplo são os sistemas de rastreamento de frotas de veículos através de sensores criados para monitorar velocidade, quilômetros por litro, número de paradas e como está o desgaste mecânico. Todas essas informações são agrupadas e detectam problemas de reparos nos veículos, por exemplo, permitindo que possíveis reparos possam ser agendados sem interromper o processo logístico.

IoT é isso: uma (r)evolução silenciosa envolvendo tecnologia relacionada com diversos segmentos econômicos.

O Brasil está dentro da IoT?

André Nascimento, vice-presidente de negócios da Ewave Brasil para a região norte, afirma que a globalização forçou com que países como Brasil e seus vizinhos da América do Sul, por exemplo, que eram considerados antigamente como de terceiro mundo, acelerasse a busca pelo desenvolvimento tecnológico, para assim estarem aptos a se inserirem nesta troca comercial/institucional com outras potências mundiais:

“O Brasil está caminho nesse rumo, mas com uma velocidade menor do que a gente deseja. O gigante sul-americano está buscando tecnologias que permitam automatizar e agilizar seus processos, especialmente os que se conectam externa e internamente com o mundo. A maioria dos contratos que fechamos dentro do campo da tecnologia tem como objeto melhorar as atividades de negócios e, consequentemente, transformar estas empresas para que possam atender melhor a seus clientes finais.”

Corrida contra o relógio

Como a Internet das Coisas deve mudar nossa vida e em quanto tempo o Brasil estará totalmente inserido nesta mudança? André entende que é fundamental para o mundo hoje estar inserido neste contexto por diversos “problemas” criados por nós, seres humanos;

– Aumento populacional

– Maior expectativa de vida

– Cidades cada vez mais populosas, caóticas na mobilidade e poluídas

André aponta que não mais espaço para trabalhar no modelo atual e que a Internet das Coisas vai prover soluções para os mais diversos problemas do cotidiano humano, tais como: trânsito (como no caso do transporte compartilhado tal qual o UBER); soluções inteligentes para monitoramento do clima (centro de comando e controle do Rio de Janeiro) e disponibilidade de leitos críticos e atendimentos remotos realizados hospitais; entre outras coisas:

“Infelizmente eu vejo o Brasil ainda atrasado neste sentido, porém existem algumas saídas em andamento. No Rio de Janeiro tem um centro comando e controle de operações entre as forças de segurança, defesa civil, agências climáticas e outros órgãos que conseguem  integrar os dados e informações que permitem resolver preventivamente problemas corriqueiros de uma cidade. É uma grande oportunidade usar a tecnologia para melhorar este cenário.”

André explica que já é possível encontrar diversas soluções, que permitam que as empresas passam a atender melhor seus clientes  finais. O SEBRAE Nacional, por exemplo,  utiliza uma plataforma analítica de dados chamada IBM Cognos Analytics, de onde seus consultores desenvolvem painéis de dados e informações que possibilitam o SEBRAE prestar um melhor serviço aos microempresários – que é o seu público deste órgão:

“A plataforma IBM Cognos Analytics, entre outras, fazem parte do portfólio de soluções da Ewave, para a análise estatística e inteligência preditiva, permitindo a identificação de problemas em tempo real nos processos de negócios de seus clientes. A solução fornece uma gama de análises avançadas, incluindo análise de texto, redes sociais, modelagem automatizada, preparação de dados, gerenciamento de informações e otimização.” conclui André.

 

Foto: Pixabay/Jeferrb

 

Sobre a Ewave

A Ewave do Brasil, parte do grupo israelense Ewave, atua no mercado brasileiro desde 2006 sendo um dos principais fornecedores de serviços de soluções de tecnologia do país em desenvolvimento e integração de sistemas, serviços de hunting e alocação de profissionais de TI. A Ewave trabalha em parceria com os principais fornecedores mundiais de plataformas tecnológicas como IBM, Microsoft, Oracle, EMC e VMware além de ser  premium partner da IBM, atestando a excelência na entrega de serviços e tecnologias IBM. “


KAKOI Comunicação
R. Gumercindo Mares, 119 – Vista Alegre, Curitiba – PR,
Fone:  (41) 3014-7662
www.kakoi.com.br