Campanha de carnaval da Fhemeron tem efeito positivo e dobra coleta em relação ao mesmo período de 2017

 A ampla divulgação somada ao trabalho desencadeado e a solidariedade da população resultaram no efeito positivo à campanha de coleta de sangue durante o carnaval, com ações desenvolvidas pela Fundação de Hematologia e Hemoterapia do Estado de Rondônia (Fhemeron). Entre sábado de carnaval até quarta-feira de Cinzas foram coletadas 124 bolsas de sangue dobrando o número de coletas efetuadas no mesmo período do ano passado que teve um pouco mais de 60.

O resultado foi destacado pelo presidente da Fhemeron, Sid Orleans, que acompanhou o relatório das atividades da campanha de doação de sangue para atender o crescimento da demanda, por ocasião do carnaval. “Devemos ressaltar todo o trabalho desenvolvido pela Fundação desde o início de fevereiro e reforçado durante o carnaval. A população atendeu ao nosso pedido, se sensibilizou e veio doar sangue. Isso mostra que o povo rondoniense é solidário e sempre responde quando mais precisamos”, enfatizou Sid Orleans.

Para ter um exemplo do engajamento da população, foi comparado o mesmo período do ano passado. No sábado de carnaval de 2017, apenas 19 coletas foram efetuadas. Já em 2018 a Fhemeron registrou 49 coletas no último sábado, dia 10. Nos demais dias de carnaval deste ano, 75 coletas foram efetuadas contra apenas um pouco mais de 50 no ano passado. “Estamos satisfeitos com a solidariedade neste carnaval. Mas, as atividades não param, pois todos os dias há pessoas precisando de doação de sangue em todo Estado”, resume Sid.

A preocupação do presidente da Fhemeron é motivada pelo número de solicitações de sangue registradas durante o carnaval. Somente na Fundação, por exemplo, foram requisitadas 104 bolsas de sangue para atendimento nos hospitais particulares. No Hospital João Paulo II e Hospital de Base, somados, foram utilizadas 157 bolsas de sangue durante todo o período carnavalesco.

Por esse motivo, enfatiza o presidente da Fhemeron, as atenções aumentam a cada dia para que o estoque sempre se mantenha em condições de atender a demanda. “As mobilizações foram feitas e felizmente fechamos o carnaval com resultado positivo no estoque. Isso nos motiva para manter o foco em busca de novas parcerias e fomentar, ainda mais, esse ato solidário que é doar sangue e fazer o bem ao próximo. Não podemos parar e por esse motivo chamamos a atenção da população para que continue doando sangue”, finalizou o presidente ao parabenizar o doador Fernando Serra em nome de todos que colaboraram com a campanha. Serra, que é Policial Civil, é doador há 15 anos e herdou o ato solidário do pai. “Meu pai deixou de doar devido à idade, mas eu estou continuando o que ele sempre fez que é doar sangue na certeza de que estarei salvando vidas”.

%d blogueiros gostam disto:

Add URL