Olivar busca solução para o Museu Casa de Rondon em Vilhena

O superintendente estadual de Turismo, Júlio Olivar, vai a Manaus no dia 10 deste mês para uma reunião com o comandante da Base Aérea, objetivando uma solução para a Casa de Rondon, em Vilhena, que há mais de 20 anos está fechado e precisa ser revitalizada. Na semana passada, Olivar esteve reunido, em seu gabinete na Setur, em Porto Velho, com o vice-prefeito de Vilhena, Darci Cerutti, e o secretário Faiçal Kathiusa Akkari, quando voltaram a tratar da urgente revitalização da Casa de Rondon.

Na ocasião, o superintendente recebeu um dossiê (trabalho elaborado por Rita Correia) sobre o espaço considerado o marco-zero de Vilhena, que dá o suporte para a articulação visando a cessão da área, que pertence à Aeronáutica. “Já temos assegurado no PPA/LOA os recursos financeiros necessários para a revitalização do museu. Só precisamos do OK da Base Aérea”, disse Júlio Olivar, informando que o governo estadual e a prefeitura de Vilhena já firmaram o compromisso para a manutenção do espaço.

A Casa de Rondon é o símbolo de Vilhena e foi tombada pelo Iphan em 2015 como patrimônio histórico e cultural do País. O impasse para que seja transformada num atrativo turístico é a questão territorial, tendo em vista que se encontra em uma área da Aeronáutica e no momento não é permitida a entrada de pessoas para visitação. Olivar entende que o tombamento pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) já facilita a transformação da Casa de Rondon em Museu. Ele espera que na reunião do dia 10 em Manaus haja um parecer favorável sobre a área onde está situada a Casa de Rondon.

%d blogueiros gostam disto:

Add URL