Conectado por

Rondônia, sexta, 24 de maio de 2024.

Destaque

Governo federal anuncia mais 45 obras em Rondônia


Compartilhe:

Publicado por

em

Rondônia terá 45 obras e equipamentos do PAC Seleções para melhorar a vida das mães


Investimentos em maternidades, centros de parto, creches, espaços de lazer, ônibus escolares, além de escolas infantis e de tempo integral chegam a 31 municípios do estado

Uma das vertentes do Novo PAC do Governo Federal tem impacto direto no cotidiano de mães e de responsáveis pelo cuidado com crianças e adolescentes. O PAC Seleções garante um investimento de mais de R$ 15,7 bilhões em 3,6 mil obras e equipamentos em todas as Unidades da Federação. São empreendimentos diretamente conectados com a qualidade de vida proporcionada por serviços de saúde, educação, esporte e lazer.
Em Rondônia, 31 cidades serão atendidas. Estão previstos um centro de parto normal, 13 creches, sete escolas em tempo integral, 22 ônibus escolares e dois espaços comunitários com parquinho. Um total de 45 obras e equipamentos.
Dos 2,4 mil municípios contemplados em todo o país, 48 têm pelo menos quatro empreendimentos. Um deles está em Rondônia: Pimenta Bueno. A cidade de 35 mil habitantes será beneficiada com uma creche/escola de educação infantil, uma escola em tempo integral, um ônibus escolar e um espaço esportivo comunitário de lazer.
NACIONAL — Levando em conta o país como um todo, esse recorte do PAC Seleções soma 36 maternidades, 30 centros de parto normal, 1,1 mil creches e escolas de educação infantil, 685 escolas de tempo integral, 240 espaços comunitários com parquinho e 1.500 ônibus escolares. Investimentos que se conectam com as famílias do pré-natal ao fim do ensino fundamental e ajudam a aprimorar a capacidade de prestação de serviços em 2,4 mil municípios.
CONHEÇA MAIS
48 municípios terão quatro ou mais obras e equipamentos
Conheça o Novo PAC
REGIÕES — O Nordeste é a região com maior número de ações previstas. São 1.905 obras e/ou equipamentos, entre 16 maternidades, 15 centros de parto normal, 564 creches, 352 escolas de tempo integral, 127 espaços de lazer com parquinho e 831 ônibus escolares. Lá, são 1.196 municípios contemplados. Na sequência aparecem as regiões Sudeste (649 empreendimentos em 460 municípios), Norte (470 em 287), Sul (349 em 288) e Centro-Oeste (296 em 212).

Infográfico 2 | Detalhamento de obras e equipamentos previstos em todo o Brasil

Continua após a publicidade
FACULDADE SAPIENS

ESTADOS E MUNICÍPIOS — Além da Bahia, dez estados têm mais de 100 municípios contemplados no PAC Seleções: Minas Gerais, com 239 equipamentos ou ônibus escolares, Maranhão (161), Ceará (154), Pernambuco (152), Rio Grande do Sul (133), Pará (119), Piauí (117), São Paulo (111), Goiás (102) e Rio Grande do Norte (101).
EMPREENDIMENTOS — A Bahia também lidera entre os estados com maior número de empreendimentos previstos: 433. Na sequência aparecem Minas Gerais (310), Pernambuco (278), Ceará (269), Maranhão (250), Pará (205), Piauí (175), Rio Grande do Sul (159), São Paulo (151), Goiás (132) e Rio Grande do Norte (146).
CRITÉRIOS
A seleção priorizou, entre outros critérios, locais com altos índices de mortalidade materna e de vulnerabilidade socioeconômica, além do déficit educacional. Atualmente, 57 mães morrem a cada 100 mil nascimentos no Brasil. No Norte, a média chega a 82. No Nordeste, 67. A meta nacional é reduzir para 30 mortes a cada 100 mil nascimentos até 2030.
CAMINHO DA ESCOLA — Todos os 1.500 municípios que pediram ganharão novos ônibus escolares. Com isso, o programa Caminho da Escola passará a atender 135 mil estudantes em todo o país, em especial na zona rural. Até então, a cobertura era de 45 mil alunos.
PARCERIA — O PAC Seleções foi integralmente construído em parceria com estados e municípios. Cada Unidade Federativa e cada cidade indicou ao Governo Federal as áreas prioritárias para investimento. De forma mais abrangente, o PAC Seleções destinará R$ 65,4 bilhões e 6.778 obras e empreendimentos, que também contemplam cultura, segurança hídrica, saneamento básico e preservação de patrimônio histórico.
NOVO PAC — Em sua totalidade, o Novo PAC prevê investimentos de R$ 1,7 trilhão, entre recursos governamentais e privados, com R$ 1,4 trilhão previstos até 2026 e R$ 300 bilhões no período posterior. O programa divide os aportes em eixos, como transporte eficiente e sustentável, infraestrutura social inclusiva, cidades sustentáveis, inclusão digital, transição e segurança energética, indústria de defesa, educação, ciência e tecnologia, saúde e segurança hídrica.
‌ ‎
Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República

Publicidade

EDIFÍCIO BUENOS AIRES
DJ90.COM.BR Brasil Digital google

Últimas notícias

Classificados

Compartilhe: