Conectado por

Rondônia, segunda, 18 de outubro de 2021.



Exame

Google trará informações sobre sustentabilidade em pesquisas do buscador


Compartilhe:

Publicado por

em


Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

O Google está comprometido com a sustentabilidade. Nesta quarta-feira, a empresa anuncia que está trazendo mais informações para os usuários de seu buscador. São diversas iniciativas para que as pessoas possam tomar melhor decisões e entender o impacto ambiental delas.

Entre os anúncios, o Google está implementando mudanças na busca por voos junto ao Google Flight e também em trajetos do Google Maps


Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

A partir desta quarta, a ferramenta de buscas irá mostrar a pegada de carbono de voos apresentados na plataforma. A informação trará as emissões relacionadas a cada um dos assentos de um voo, seja de classe econômica, negócios ou primeira classe. O Google também afirma que apresentará as opções mais eficientes do ponto de vista energético.

Compras e buscas por hotéis também terão mais informação agregada. As opções de hospedagem trarão as medidas tomadas para reciclagem, gestão de lixo e conservação de água.

A busca por eletrodoméstico apresentará dados de sustentabilidade e consumo energético, bem como a busca por carros elétricos. Os veículos terão destaque de informações sobre gasto e consumo

A iniciativa é em linha com outros anúncios do Google, que já anunciou que pretende ser livre de emissões de carbono até 2030. Na coletiva em que apresentou as novidades o CEO Sundar Pichai afirma que o aquecimento global não é mais uma ameaça distante.

Outro anúncio que já havia sido apresentado pela companhia também começa a ser disponibilizado. Em maio, o Google afirmou que traria mudanças no Maps para ajudar a diminuir tempo de viagem e escolher os caminhos com menor emissão de carbono, com rotas com menos tráfego ou outras interrupções. As mudanças preveem a possibilidade de eliminar 1 milhão de toneladas de carbono emitidas por ano.

Essa novidade chega nesta quarta-feira para os Estados Unidos e deve ser expandida para a Europa a partir do ano que vem. “É um conceito de escolhemos. Queremos dar poder para que as pessoas escolham as opções que funcionam melhor para seu estilo de vida”, disse Kate Brandt, chefe de sustentabilidade do Google..

Inteligência artificial para semáforos

Outro anúncio da empresa é sobre o uso de inteligência artificial para semáforos de trânsito, a fim de que funcionem de maneira mais inteligente e contribuam com o tráfego e ajudem a reduzir emissões de carbono.

Em projeto piloto em Israel, o Google afirma ter alcançado redução de 10% a 20% de combustível e tempo de espera nas intersecções em que a tecnologia foi aplicada.

Testes adicionais começam a ser realizados também nesta quarta-feira, inclusive no Brasil. Em parceria com a Companhia de Engenharia de Tráfego do Rio de Janeiro (CET-Rio), o Google usará a tecnologia para melhorar o sistema de semáforos da cidade, a primeira a receber a nova rodada de testes.

A ideia é utilizar tempo gasto em cruzamentos e dados de trânsito para melhor coordenar o fluxo de automóveis na cidade. O projeto deve começar a funcionar nos próximos meses.

Fonte: Revista Exame

Publicidade

GOVERNO DE RONDÔNIA educamaisbrasil educamaisbrasil

Últimas notícias

Facebook