Conectado por

Rondônia, domingo, 19 de setembro de 2021.



Jurídicas

Auditório do Edifício-Sede recebe o nome do Desembargador Clemenceau


Compartilhe:

Publicado por

em

A homenagem ocorreu nesta sexta-feira, 20 de agosto, de maneira virtual, com o descerramento da placa que registra o nome do Auditório José Clemenceau Pedrosa Maia, no andar térreo do Edifício-Sede do Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia, em Porto Velho.


Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

Juiz do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios, no então Território Federal de Rondônia, Clemenceau foi um pioneiro, um dos primeiros sete desembargadores da Justiça estadual, ex-presidente e corregedor e um dos nomes que se notabilizou de maneira indelével nos anais da Justiça rondoniense. Na sessão de homenagem, o desembargador Paulo Kiyochi Mori, que foi empossado por Clemenceau no cargo de juiz substituto, na década de 1980, presidiu a solenidade, que teve a participação de servidores, servidoras, magistrados, magistradas e familiares do homenageado.

Um vídeo foi apresentado no início da cerimônia, com a trajetória de vida e profissional, desde o nascimento em Itaporanga, na Paraíba, a formação em Pernambuco e suas passagens por Amapá, Rondônia e Distrito Federal. Desembargador pioneiro foi o primeiro corregedor-geral da Justiça e o terceiro presidente do TJRO. No vídeo, servidores, servidoras e magistrados que conviveram com Clemenceau deram seus depoimentos de gratidão e admiração ao legado do magistrado, extremamente humano e vocacionado à jurisdição.


Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

A placa foi descerrada pelo desembargador Raduan Miguel Filho e pela servidora aposentada Júlia Sania Miranda, dois grandes amigos do homenageado. Outra placa foi enviada à família, com a seguinte inscrição: “O Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia reconhece a valorosa atuação do Desembargador José Clemenceau Pedrosa Maia. E em poucas palavras, o pioneirismo é a capacidade que autoridade tem de inovar, de criar oportunidades e enxergar possibilidades, mesmo tendo que correr risco e sair da zona de conforto em busca de novos desafios. Pioneiro é aquele que desbrava, abre e prepara caminho para chegada dos outros.”

Convidado de honra, o desembargador paulista Sulaiman Miguel Neto, falou sobre os predicados do homenageado. Os desembargadores Sansão Saldanha, Marcos Alaor Diniz Grangeia, Alexandre Miguel, Daniel Lagos, Valdeci Castellar Citon e Hiram Marques também fizeram uso da palavra para celebrar as saudosas memórias do magistrado pioneiro.

Em seu discurso (link), o desembargador Raduan Miguel fez um denso e emocionado relato de sua vivência e aprendizados compartilhados. A viúva Helena e a filha Eloá, por meio de vídeo, agradeceram pela homenagem a José Clemenceau em nome da família e descreveram o quanto é significante para elas a honraria concedida pelo Tribunal Pleno Administrativo do TJRO, após indicação do desembargador Raduan. Após as falas e reconhecimentos ao homenageado, o desembargador presidente agradeceu a presença de todos, relembrou que foi arguido no concurso e empossado como magistrado pelo desembargador Clemenceau. “Se o nosso Judiciário hoje caminha firme e forte, considerado um dos melhores do país, é porque lá atrás, no começo, alguém pavimentou esta estrada”, afirmou Mori, ao encerrar  a solenidade virtual, que foi transmitida ao vivo pelo canal do TJRO no YouTube, e pode ser vista na íntegra pelo link a seguir:

Acesse a transmissão por este link.

 

Assessoria de Comunicação Institucional

Publicidade

GOVERNO DE RONDÔNIA educamaisbrasil educamaisbrasil

Últimas notícias

Facebook