RONDONIA RO
Conectado por

Rondônia, terça, 18 de maio de 2021.



Geral

Governo de Rondônia entrega equipamentos e viaturas para reforçar ações nas unidades penitenciárias


Compartilhe:

Publicado por

em


Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

As atuais entregas visam profissionalizar os serviços prestados pela Sejus

Visando fortalecer as ações em prol da segurança pública rondoniense, o Governo do Estado de Rondônia fez a entrega de 25 viaturas administrativas, modelo Gol e, quatro viaturas policiais tipo furgões, além de 48 capacetes balísticos para o Grupo de Atividades Penitenciárias Especiais (Gape) à Secretaria de Estado da Justiça (Sejus). Um investimento promissor de mais de dois milhões de reais, oriundos de recurso próprio do Estado, que irá possibilitar uma melhor prestação dos serviços essenciais de prevenção e repressão aos crimes. O ato da entrega de todo o material ocorreu na manhã desta terça-feira (30), no pátio do Palácio Rio Madeira.Essa foi mais uma iniciativa do Poder Executivo, que reafirma o compromisso de colaborar, estimular e fomentar a modernização e o reaparelhamento de suas unidades penitenciárias. As viaturas administrativas serão distribuídas às diversas unidades penitenciárias do Estado. Já as quatro viaturas policiais tipo furgões serão distribuídas para as unidades do Gape de Porto Velho, Ji-Paraná e Rolim de Moura.

É importante ressaltar que no começo do ano, o governador de Rondônia, coronel Marcos Rocha já havia entregue algumas unidades ao Gape e essas são as quatro últimas que chegaram para complementar o trabalho. São furgões que fazem com que a Sejus execute o transporte dos servidores de forma mais rápida para alguma intervenção dentro dos estabelecimentos prisionais.

Na visão do secretário da Sejus, Marcus Rito a entrega feita nesta terça-feira, não somente dos carros administrativos, como também dos furgões do Gape serão importantes porque garantem mais segurança para as unidades prisionais, a partir do momento em que se tem viaturas operacionais à disposição por mais tempo, com necessidade de escolta de presos ou serviços de remoção necessários. “Em caso de motins e rebeliões, o grupo se deslocará com mais celeridade, o que pode evitar possíveis mortes, possíveis fugas, reforçando a segurança perante a sociedade. E os capacetes irão reforçar a qualidade de trabalho do servidor, a segurança para os policiais penais e, também, reflete na questão de profissionalismo das ações da Sejus perante a sociedade”, enfatizou o secretário da Sejus.

As 25 viaturas administrativas modelo Gol, foram orçadas em 1.284,750 (um milhão e duzentos e oitenta e quatro mil setecentos e cinquenta reais). Já a quatro viaturas policiais tipo furgões, foram adquiridas no valor de 1.055,538 (um milhão e cinquenta e cinco mil quinhentos e trinta e oito reais).

CAPACETES BALÍSTICOS TRAZEM INOVAÇÃO

Com a entrega dos 48 capacetes balísticos para o GAPE, Rondônia passa a contar com uma inovação, um marco histórico para a Justiça Estadual, jamais vista em gestões passadas. A aquisição dos capacetes é proveniente do Governo Federal, por meio do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), orçado em 116.217,6 (cento e dezesseis mil duzentos e dezessete reais e sessenta centavos). Os capacetes também poderão ser usados não somente para intervenções em casos de rebeliões, mas também para a fiscalização e policiamento do perímetro das unidades prisionais.

Ainda de acordo com o secretário da Sejus, as entregas atuais têm como intuito principal profissionalizar os serviços prestados pela Sejus, numa situação em que a Secretaria está no processo de transição em que os agentes penitenciários estaduais estão migrando para polícia penal.

“Ou seja, há um processo todo de regulamentação da Polícia Penal, nós teremos não só viaturas de melhor qualidade, mas também capacetes balísticos, facilitação dos serviços administrativos das unidades. E tudo isso com intuito de mostrar para a sociedade que o trabalho da Sejus, junto aos servidores penitenciários, não tem apenas como foco manter as pessoas presas, mas também organizar o sistema penal, fazer com que a segurança das unidades seja reforçada, fazer com que a sociedade entenda que a Secretaria de Justiça atua, de maneira ativa, no monitoramento eletrônico, entre outros. Tudo isso é serviço da Sejus que vem, cada vez mais com atendimento das demandas dos servidores que, com certeza vão refletir na sociedade”, concluiu.

Publicidade

Mais destaques

Facebook