Conectado por

Rondônia, domingo, 07 de março de 2021.


Plural Saúde

G1

TJ-RO nega habeas corpus a ex-diretor financeiro da Assembleia Legislativa de Rondônia


Publicado por

em


Moisés José Ribeiro de Oliveira, é um dos condenado pela Operação Dominó. Ele ficou foragido da justiça por vários anos e foi preso em agosto de 2020. A 2ª Câmara Especial do Tribunal de Justiça de Rondônia (TJ-RO) negou nesta terça-feira (9) o pedido de habeas corpus ao ex-diretor financeiro da Assembleia Legislativa de Rondônia (ALE-RO), Moisés José Ribeiro de Oliveira, condenado pela Operação Dominó.
Para o desembargador Roosevelt Queiroz Costa, autorizar o habeas corpus não se mostra cabível no caso de Moisés, pois ele é apontado como um dos principais articuladores de um esquema de corrupção e “figura central na prática dos crimes apurados na ação penal que responde”.
Moisés é acusado por praticar crimes como peculato e lavagem de dinheiro dentro da ALE-RO, durante a gestão do seu irmão Carlão de Oliveira. Ele foi um dos investigados na Operação Dominó, de 2006. Na época, a ação desarticulou a organização criminosa responsável por desviar recursos e fraudar procedimentos licitatórios de órgãos públicos estaduais.
Há indícios que ele e outros investigados são responsáveis pelo desvio de mais de R$ 3 milhões, à época dos fatos, segundo denúncia do Ministério Público de Rondônia (MP-RO).
Moisés ficou foragido da justiça desde 2011 e só foi preso em agosto de 2020 pela Polícia Federal. Ele estava se escondendo em região do Distrito Federal (DF).
Viatura da PF acompanha transferência de ex-diretor financeiro da ALE-RO para Porto Velho
Diêgo Holanda/G1
O que diz a defesa
Ao TJ-RO a defesa explicou que o habeas corpus foi solicitado com base nos julgados de outras pessoas que “foram excluídos do polo passivo da mesma ação penal”. O G1 tenta contato com a defesa dos citados.
VÍDEOS: G1 em 1 Minuto Rondônia

Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

Fonte: G1 Rondônia

Comentários do Facebook - Comente

Publicidade

Mais destaques

Facebook