Giardinni SBS
Conectado por

Plural Saúde

Geral

MPF adia retorno de atividades presenciais para 1º de dezembro


Publicado por

em

Fachada do Ministério Público Federal em Rondônia, na capital Porto Velho-RO

Atividades presenciais do MPF foram suspensas para evitar a contaminação da covid-19


Continua após a publicidade

Em portaria, o Ministério Público Federal (MPF) determinou o adiamento do retorno das atividades presenciais para 1° de dezembro, em Rondônia. A volta ao trabalho presencial começaria a partir de 4 de novembro, por meio de um sistema de rodízio.

As outras normas estabelecidas para o retorno ao trabalho presencial permanecem sem alterações. De forma gradual, o trabalho presencial será inicialmente limitado a 25% do total de pessoal de cada unidade, sejam eles procuradores, servidores, estagiários, voluntários ou prestadores de serviços. O número de pessoas por sala será limitado a um. Portadores de doenças respiratórias crônicas, gestantes, pessoas com filhos menores de 24 meses ou que vivem com idosos ou portadores de doenças crônicas que as tornem vulneráveis à covid-19, maiores de 60 anos, portadores de doenças crônicas e imunodeprimidos deverão continuar em teletrabalho.


Continua após a publicidade

Após o retorno, as pessoas que entrarem no MPF em Rondônia serão obrigatoriamente submetidas a protocolos sanitários com o objetivo de prevenir a covid-19. As atividades presenciais do MPF foram suspensas para evitar a contaminação da covid-19. Para utilizar um serviço, recomenda-se dar preferência ao atendimento remoto.

Comentários do Facebook - Comente
Continuar leitura

Publicidade

Mais destaques

Facebook