Giardinni SBS
Conectado por

Plural Saúde

G1

6 novas linhas de ônibus começam a circular em Porto Velho nesta terça-feira, 20


Publicado por

em


Linhas são coletoras de passageiros nos bairros e levam usuários até as linhas radiais, com destino às outras regiões da cidade. Ônibus do transporte coletivo de Porto Velho
Diêgo Holanda/G1
Mais seis linhas de ônibus do transporte coletivo de Porto Velho voltaram a circular nesta terça-feira (20). Conforme a Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran), as novas linhas em operação (veja lista abaixo) são chamadas coletoras (exceto Vila Dnit) e levam os usuários até as linhas radiais, fazendo a ligação com as outras zonas da cidade.
206A – Novo Horizonte
206B Novo Horizonte
207A – Cidade do Lobo
207B – Cidade do Lobo,
212 – União da Vitória,
213 – Presidente Roosevelt,
214 – Morar Melhor via Cemetron
302 – Vila Dnit (radial)
De acordo com a Semtran, quem embarcar nessas linhas usando o cartão COM, tem 90 minutos para embarcar em outro ônibus que esteja fazendo o mesmo sentido (ida ou volta). A ideia é que com as linhas dos bairros menores, a frequência de balão dos ônibus fique em cerca de 30 minutos.
Linhas de ônibus coletoras, radiais e arteriais: entenda nova divisão do transporte coletivo de Porto Velho
Os trajetos de cada umas das linhas está disponível no site da secretaria. Um aplicativo está disponíveis para celular com as informações em tempo real sobre a localização dos ônibus e tempo de espera até a chega do próximo veículo.
Reconquista dos usuários
Com o aumento da frota nas ruas, já são 50 ônibus em operação. Algumas linhas ainda não voltaram, como Campus Unir e as universitárias. Segundo a Semtran, o motivo é a baixa demanda de usuários, mas outras rotas serão incluídas conforme o aumento da procura pelos passageiros.
Ao G1, o chefe da Semtran, Nilton Kisner, explicou que no momento a nova empresa busca reconquistar a confiança da população no transporte coletivo da cidade. Os ônibus rodam de 5h30 às 22h30 independente de ter passageiro para dar a certeza ao usuário.
“O ponto principal hoje é a credibilidade. As pessoas tem falado assim ‘o ônibus está andando vazio’. Não é que os ônibus estão andando vazio por si só. É porque antes o Consórcio SIM atendia o horário que tinha fluxo. Entre o início e o fim do horário comercial tinha ônibus e a partir de nove horas começava a recolher os ônibus porque não tinha passageiro. Logo, as pessoas entre os horários de pico nem esperavam o ônibus”, declarou.
Veja mais notícias do G1

Continua após a publicidade

Fonte: G1 Rondônia

Comentários do Facebook - Comente
Continuar leitura

Publicidade

Mais destaques

Facebook