Conectado por

Plural Saúde

Exame

TV Cultura traz de volta “A Feiticeira”, clássica série dos anos 1960


Publicado por

em

Entre as novidades que chegam à TV Cultura está a clássica série A Feiticeira, que começa a ser apresentada nesta quarta-feira, 1º, às 19h45. A produção americana teve ao todo oito temporadas, que foram exibidas entre 1964 e 1972, chegando aqui em 1965 e passando por várias emissoras de televisão.

Para o povo dessa época, que acompanhou o seriado, será um momento de matar saudade; para os que nem sequer ouviram falar dela, será o momento de apreciar uma divertida história. Nela, acompanhamos o dia a dia do casal Samantha (Elizabeth Montgomery) e James Stephens (Dick York e depois Dick Sargent).


Continua após a publicidade

Ela é uma feiticeira, pessoa do bem com certeza; ele, um jovem publicitário que não gosta nada dos poderes de sua mulher. Apesar dos pedidos do marido, Samantha sempre acaba usando seus poderes, o que acontece quando ela toca seu nariz com o dedo.


Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

Claro que a vida dos dois é sempre abalada por alguma situação que precise ser controlada por meio de um feitiço. Geralmente quem dá uma forcinha para as coisas se complicarem é Endora (Agnes Moorehead), a mãe de Samantha, que não gosta nem um pouco de a filha ter se casado com um mero mortal.

São várias as cenas engraçadas, como também os personagens mais esquisitos que surgem, como a curiosa vizinha Gladys Kravitz (Sandra Gould). A senhorinha está sempre de olho na casa da feiticeira, tem certeza de que há algo estranho ali, mas nunca consegue provar para os outros o que diz ter visto — nem mesmo seu marido acredita nela.


Continua após a publicidade

Uma deliciosa série, que também pode ser vista na Rede Brasil, canal fechado. Na TV Cultura, será sempre a atração das quartas-feiras. Um seriado para divertir o público que está e deve continuar em isolamento social.

Fonte: Revista Exame

Comentários do Facebook - Comente