Conectado por


Geral

Deputados estaduais e federais unem forças e reforçam críticas contra a Energisa

Publicado por

em

Eles se reuniram nesta terça-feira, em Brasília

Durante reunião, no Anexo II da Câmara, em Brasília, deputados estaduais e federais se uniram nesta terça-feira (26) em defesa do consumidor rondoniense em longos discursos contra a atuação da empresa Energisa em Rondônia.

------- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -------

O encontro, proposto pelo deputado federal Lúcio Mosquini, líder da bancada rondoniense reuniu toda a bancada rondoniense na Câmara, representantes da CPI da Energisa, além de outros parlamentares Assembleia Legislativa, além de autoridades da Aneel e do Ministério das inas e Energia.

A tônica dos discursos foi de duríssimas críticas à Energisa e, algumas vezes no mesmo tom, contra a Aneel. Mesmo embaixo do fogo cruzado, o diretor da Aneel, Efrain Pereira da Cruz, que trabalhou durante 16 anos na Eletrobras Rondônia, deu várias explicações, várias delas contestadas pelos parlamentares.

------- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -------

Os deputados federais Léo Moraes, Mauro Nazif, Expedito Neto e Coronel Chrisóstomo fizeram discursos agressivos e duros em suas intervenções, contra a empresa e também e a falta de fiscalização da Aneel. O mesmo caminho tomou as deputadas Jaqueline Cassol, Silvia Cristina e Mariana Carvalho.  Por outro lado, enquanto Lúcio Mosquini tinha um discurso menos agressivo e inclusive apresentando sugestões que pudessem melhorar os serviços da Energisa e a fiscalização pela Aneel, os representantes estaduais davam mostras claras de que a paciência com a distribuidora já acabou.

O presidente da CPI, Alex Redano anunciou que na próxima semana apresentará projeto no sentido de cancelar o contrato da Energisa com o Estado de Rondônia. Jair Montes, Ismael Crispim, Adailton Fúria, Edson Martins, Marcelo Cruz e Anderson Pereira foram unânimes em críticas à Energisa.

Uma nova reunião sobre a Energisa, entre a bancada federal e os deputados estaduais rondonienses está agendada para o próximo mês, em data ainda a ser definida.

A CPI tem agendadas ainda mais três reuniões. Uma em Guajará-Mirim nesta sexta-feira (29) e em Rolim de Moura e Ariquemes, na segunda-feira (2).

Fotos: Diego Queiroz-ALE-RO

 

Publicidade

Apostas Esportivas Online Betway

Educa Mais Brasil

Mais destaques

Facebook

WhatsApp chat