Conectado por


Destaque

Universidade inicia projeto de alfabetização e letramento para EJA

Publicado por

em

Interessados podem se inscrever até 5 de agosto

No Brasil, há mais de 11 milhões de analfabetos entre as pessoas que possuem 15 anos ou mais, de acordo com dados apresentados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em paralelo a isso, a Organização das Nações Unidas (ONU) deseja assegurar a todos os jovens – e a uma significativa parcela de adultos -, até 2030, a alfabetização e o conhecimento básico em matemática.

Considerando os seguintes pontos, a Estácio lançou o Projeto de Alfabetização e Letramento de Jovens e Adultos, que está com inscrições abertas até 05 de agosto, nas salas de matrícula das unidades que ofertam o curso. A iniciativa integra a 4ª edição do Programa de Responsabilidade Social, com aulas que acontecem em quatro unidades do Rio de Janeiro – Ilha do Governador, Alcântara, Queimados e Via Brasil – e nos campus de Carapicuíba, Natal e Brasília. Desde sua criação em 2018, o Projeto já contou com a participação de mais de 300 alunos.

“Nossa meta é levar esse projeto a todas as unidades da Estácio no Brasil. Estamos alinhados com os ODS 4 da ONU e queremos combater o analfabetismo e erradicá-lo no entorno de nossos campus. Os novos dados do IBGE nos mostram que a batalha ainda é bem grande”, afirma Cláudia Romano, vice-presidente de Relações Institucionais e Sustentabilidade do Grupo Estácio.

Alinhado à missão da Estácio de Educar para Transformar, a iniciativa reforça a diretriz de manter um relacionamento próximo e sustentável com a comunidade do entorno de suas unidades. Romano destaca ainda que trata-se de uma oportunidade única para os alunos da instituição, pois vão aprender na prática a atuarem como alfabetizadores, o que sustenta o compromisso com a empregabilidade destes egressos.

As aulas acontecem a partir de 12 de agosto e, durante quatro meses, os estudantes terão formação gratuita, durante o período noturno, com discentes de cursos de Licenciaturas da Estácio. Entre eles, estão Pedagogia, Letras, História, Geografia e Matemática. Haverá também a participação do corpo docente da faculdade. As aulas duram três horas e acontecem duas vezes por semana.

Bolsas de estudo

Quem se interessou pelo curso, mas não reside próximo aos campus, não precisa desanimar. É possível estudar através do programa de Educação de Jovens e Adultos – EJA com as bolsas de estudo oferecidas pelo Educa Mais Brasil. O Educa já beneficiou mais de 1 milhão de estudantes em todo o Brasil. Acesse o site do programa e confira as oportunidades oferecidas na sua região. É possível encontrar bolsas de até 70% de desconto.

Agência Educa Mais Brasil