Indígenas de terra Uru Eu Wau Wau posam para foto

Cinco aldeias receberam postos de saúde A Energia Sustentável do Brasil (ESBR), concessionária da Usina Hidrelétrica (UHE) Jirau, em atendimento às recomendações da Fundação Nacional do Índio (FUNAI) e interface com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (IBAMA), desenvolve o programa de Apoio às Comunidades Indígenas, entregou ao Distrito Sanitário Especial Indígena de Porto Velho (DSEI/PVH), responsável pela saúde indígena, cinco postos de saúde nas aldeias indígenas, localizadas nas Terras Indígenas (TIs) Uru Eu Wau Wau, Igarapé Lage e Igarapé Ribeirão.

Estrutura do posto de saúde_Terra Indígena Igarapé Lage

A UHE Jirau não impacta nenhuma Terra Indígena, as ações cumprem com os estabelecidos no âmbito do Programa de Apoio às Comunidades Indígenas, desenvolvido pela ESBR. O objetivo do Programa é levar benefícios socioambientais, culturais e econômicos para as populações das três TIs, apoiando o uso racional dos recursos naturais relacionados aos costumes de dieta alimentar, ciclos rituais e à saúde pública.

As entregas dos postos de saúde foram as mais recentes ações realizadas para atender às necessidades desses povos indígenas. Além de espaço para atendimento aos indígenas, os postos contam com alojamento para os profissionais que prestarão serviços na área.

Mapa de localização das Terras Indígenas

O Engenheiro Civil do DSEI, Jossânio Raia, fez questão de inspecionar toda a estrutura dos postos de saúde. “A obra ficou de boa qualidade e bem acabada. A comunidade tinha um posto de saúde, mas a estrutura já estava bastante danificada”, fala o Engenheiro Civil.

A execução das obras seguiu um rigoroso controle de qualidade e de proteção ao meio ambiente e dos grupos indígenas. Na parte de engenharia, as obras tiveram a fiscalização permanente de empresa especializada, contratada pela ESBR, para esta finalidade e assim assegurar a qualidade de cada obra. Todos os trabalhadores foram imunizados com vacinas, assinaram Termo de Compromisso junto à FUNAI e receberam treinamento sobre as características socioculturais dos povos indígenas e cuidados de proteção ao meio ambiente.

Cacique Taroba Uru Eu Wau Wau fala que o posto é importante indígenas

O Cacique Franciso Oroman ficou muito agradecido por receber o posto de saúde. “É um momento de alegria para toda a comunidade, porque é algo que a gente vem lutando. É um patrimônio de todo mundo, que vai permanecer sempre para comunidade. Só tenho a agradecer”, diz. Ele também ressalta que o posto de saúde vai atender mais de 63 famílias e que foi projetado considerando o aumento populacional da Tribo.

O Cacique Taroba Uru Eu Wau Wau também se mostrou agradecido e feliz ao receber a obra, que contribuirá para a saúde de toda a comunidade. “Este posto é importante para nós, para cuidarmos da nossa saúde. Era isso que a gente queria”, fala.

A implantação dos postos de saúde compõe o convênio firmado entre a ESBR e o DSEI/PVH, que por meio do Programa também receberá duas unidades móveis odontológicas e dois veículos para apoio logístico no transporte de pacientes, além de capacitação para agentes indígenas de saúde e de saneamento, que colaboram com o trabalho de saúde preventiva nas aldeias.

Para Veríssimo Alves, Gerente de Meio Ambiente e Socioeconomia da Energia Sustentável do Brasil, “A implantação dos postos de saúde foi essencial, pois oferece a infraestrutura adequada para que os primeiros atendimentos ocorram de forma apropriada ainda nas aldeias”. Essas obras estruturantes também são a base para implantação de futuras ações de desenvolvimento comunitário em outras áreas nessas Terras Indígenas.