PublicidadeDJ90

Diante das mudanças anunciadas pelo Governo de Cuba no último dia 14 de novembro, que anunciou a retirada de quase 9 mil médicos cubanos do Brasil, a Prefeitura de Candeias do Jamari e a Secretaria Municipal de Saúde fizeram mudanças para garantir o atendimento médico-hospitalar à população da cidade. “Remanejamos médicos da atenção básica para garantir os atendimentos já agendados e fizemos uma escala de profissionais, o que mantêm os serviços normais no Santa Izabel nos turnos da manhã e tarde”, destacou o secretário municipal adjunto de Saúde, Jarbas Bandeira.

Diante das mudanças anunciadas pelo Governo de Cuba no último dia 14 de novembro, que anunciou a retirada de quase 9 mil médicos cubanos do Brasil, a Prefeitura de Candeias do Jamari e a Secretaria Municipal de Saúde fizeram mudanças para garantir o atendimento médico-hospitalar à população da cidade. “Remanejamos médicos da atenção básica para garantir os atendimentos já agendados e fizemos uma escala de profissionais, o que mantêm os serviços normais no Santa Izabel nos turnos da manhã e tarde”, destacou o secretário municipal adjunto de Saúde, Jarbas Bandeira.