Conectado por

Rondônia, segunda, 29 de novembro de 2021.



Exame

Black Friday: 10 boas práticas de UX para os ecommerces se atentarem


Compartilhe:

Publicado por

em


Continua após a publicidade
Colégio Sapiens

Por: Alfredo Soares

A Black Friday é considerada um dos maiores eventos do varejo, portanto, os ecommerces devem se atentar e focar, principalmente, na experiência online do consumidor.


Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

Os varejistas precisam garantir que suas páginas de destino sejam impactantes e atendam as expectativas dos usuários, focando nas melhores práticas e técnicas de UX e UI no front-end.

As boas práticas auxiliam o usuário a chegar no final da jornada de compra e aumentar as conversões do ecommerce.

Para isso, a ESHOPPER, empresa especializada em análise da experiência do usuário e usabilidade nos sites elencou os seguintes critérios:

1) Customização da página
Muitos usuários na Black Friday confiam no conteúdo da página inicial para interpretar o tipo de site que acessaram, bem como a diversidade de produtos disponíveis e os descontos que encontram no site. Interpretações incorretas durante esse primeiro olhar podem levar ao
abandono imediato da loja. Assim, algumas boas práticas para garantir que os usuários terão uma boa experiência ao
entrar no site são:

● Apresentar na homepage uma gama de 30 a 40% dos produtos ofertados pela loja e
que estão com desconto pela Black Friday;
● Páginas de PLP e PDP personalizadas com layout de Black Friday.

2) Categorização da página
Usuários ao entrar em qualquer ecommerce na Black Friday, esperam encontrar ofertas especiais. Logo, criar uma categoria do site com todas as ofertas se torna uma boa prática. Nela, o site deve ser capaz de executar filtros com os produtos promocionais existentes. Para ser ainda mais intuitivo, o nome dessa categoria deve sinalizar que ele encontrará ofertas especiais da Black Friday, como por exemplo, “Ofertas Black Friday”.

3) Breadcrumbs
Para auxiliar na navegação do site, recomendamos o uso de breadcrumbs. Esse por sua vez, é um pequeno menu geralmente localizado na parte superior de uma página, usado como um auxílio à navegação mostrando o caminho para ir da página atual de volta à página inicial. Além disso, o Google aponta o uso dos breadcrumb como elemento importante para o aumento do SEO de sua página. Portanto é recomendado o uso de breadcrumbs na página de lista de produtos (PLP) e página de produto (PDP).

4) Descontos
No contexto da Black Friday, para todo produto com desconto, é importante mostrar para o cliente a vantagem que ele terá ao comprar aquele determinado produto. Nós da ESHOPPER indicamos que o desconto que está sendo oferecido seja exposto em diferentes páginas, da seguinte forma:

● Preço com e sem desconto na PDP (Página de Produto), além do preço do frete;
● Preço com e sem desconto no Checkout.
Usuários querem ter a certeza de que estão recebendo o desconto, logo é uma boa prática ter o preço cheio do produto e o preço com desconto, mostrando o quanto estão economizando.

5) Filtragem
A função primordial de um sistema de filtragem na página de lista de produtos (PLP) é fazer com que o usuário encontre produtos de seu desejo com maior facilidade no site. Na Black Friday, a maioria dos usuários está buscando produtos por conta de uma oferta extraordinária no ano. Alguns exemplos de filtros que nós da ESHOPPER consideramos valiosos para estarem dispostos na Black Friday são:

● Produtos em promoção pela Black Friday;
● Categoria de desconto (30%, 40%, 50%…);
● Preço.

Os usuários geralmente têm uma ideia de um orçamento adequado para suas compras, logo ajudar eles a restringir uma lista de acordo com o que podem gastar é uma boa prática. Além disso, se em uma longa lista de produtos não for possível filtrar por promoção, os usuários podem entender que o tipo de produto que eles querem só está disponível em seu preço cheio, assim o cliente não encontrará os produtos com descontos especiais da Black Friday.

6) Ordenação
Quando o usuário deseja encontrar um produto específico em uma PLP, nós recomendamos algumas boas práticas na funcionalidade de ordenação com as seguintes especificações:

● Ordenação por relevância aplicado por default;
● Possibilidade de ordenar por: preço, avaliações, mais vendidos e novidades;
● Disposição de um “ordenar por” adicional no final da página;
● Uso de “ordenar por” como um título para o campo e não uma opção;
● Ausência de ordenação por ordem alfabética.
Na Black Friday, é importante adaptar essas especificações priorizando o que o usuário mais procura nesta época: maiores descontos e ofertas.

7) Customer Service
No contexto da Black Friday, é importante dispor ao usuário as regras da política de Troca e Devolução no período, já que por se tratar de promoções, pode gerar dúvidas e até abandonos de carrinho.

Nós da ESHOPPER analisamos a exposição da Política de Troca e Devolução da seguinte forma:
● Datas limites bem definidas;
● Custos envolvidos;
● Condições de merchandising;
● Texto organizado, oferecendo resumos e estrutura de tópicos.
Além disso, é fundamental dispor diferentes canais de comunicação e atendimento ao cliente, inclusive para responder perguntas sobre a troca e devolução e sobre eventuais dúvidas acerca da Black Friday.

8) Cross-Selling

De acordo com a McKinsey, a estratégia do uso de cross-sell pode aumentar as vendas em 20% e os lucros em 30%. Na Black Friday, é importante disponibilizar no cross-sell apenas produtos que também estejam na promoção da Black Friday. As opções podem estar dispostas tanto na PDP, quanto no carrinho quando o usuário for fechar a compra.

9) Personalização das Páginas
Para períodos como a Black Friday, torna-se ainda mais relevante exibir o histórico de navegação, além de sugerir produtos com base no que o usuário visitou. Isso pode aumentar a conversão do site e, consequentemente, aumentar o faturamento da empresa. Assim, recomendamos a exposição do histórico de navegação da seguinte forma:

● Exposição dos produtos vistos anteriormente na HomePage e na PDP;
● Sugestão de produtos e categorias na Homepage com base no que o usuário visitou
anteriormente.
10) Gatilhos de venda

Principalmente na Black Friday, é comum que os usuários se deixem levar pela emoção, ao invés de comprar de forma racional. Se o ecommerce for capaz de despertar emoções nas pessoas, será muito mais fácil influenciá-las. Alguns exemplos do uso de gatilhos mentais para venda no ecommerce são os de urgência e escassez, como:

● Disponibilizar na PDP: “Este produto está sendo visto por X pessoas” (Gatilho de Urgência);
● Disponibilizar na PDP e na PLP: “Só restam X produtos em estoque” (Gatilho de Escassez).
Assim, os consumidores estarão mais propensos a comprar um produto se acharem que em breve ele estará indisponível, portanto, criar gatilhos de urgência e de escassez na Black Friday aumentará a probabilidade de os clientes concluírem a compra.

Conclusão

Existem dois tipos de compradores na Black Friday: aquele que sabe o que quer e busca a melhor economia e o outro que fica feliz em pesquisar ofertas e buscar inspiração. A Black Friday é uma data única para o varejo, portanto, torne a experiência online o mais simples possível, otimizando a jornada do usuário que entrará no seu site esse dia. As páginas que serão acessadas precisam ser impactantes ao consumidor, portanto ele precisa
ter certeza que está vivendo a Black Friday naquele site. O uso das melhores práticas e técnicas abordadas neste artigo ajudam a mover os clientes no funil de compra, seja por meio de funcionalidades para encontrar com mais facilidade o produto, gerar gatilhos de urgência e segurança no site.

Fonte: Revista Exame

Publicidade

educamaisbrasil educamaisbrasil

Últimas notícias

Facebook