Conectado por

Rondônia, quarta, 01 de dezembro de 2021.



Geral

Programa Saúde na Escola leva Porto Velho à posição de destaque em relatório do Ministério da Saúde


Compartilhe:

Publicado por

em

PSE reflete diretamente no aproveitamento escolar dos estudantes
Atividades são voltadas à saúde e ao processo de aprendizadoAtividades são voltadas à saúde e ao processo de aprendizadoO avanço das ações que integram o Programa Saúde na Escola (PSE) levou Porto Velho ao primeiro lugar de destaque em relação aos demais municípios pactuados em Rondônia. O resultado consta no relatório parcial do Ministério da Saúde (MS) do último mês.


Continua após a publicidade
Colégio Sapiens

PSE reflete também na saúde das famílias dos estudantesPSE reflete também na saúde das famílias dos estudantesOs resultados impulsionam as equipes da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) e Secretaria Municipal da Educação (Semed) a darem continuidade ao monitoramento das ações nas escolas, processo fundamental para manter o padrão de qualidade na assistência tanto aos alunos, quanto para as famílias.

Desde 2019, as equipes têm se empenhado na implantação e monitoramento do programa nas escolas. A estratégia vai desde a capacitação de servidores às visitas de acompanhamento das ações, além da entrega de material a ser desenvolvido com os alunos.


Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

Segundo a coordenadora municipal do PSE, Maria de Lourdes da Silva, o trabalho integrado entre educação e saúde são fundamentais para o desenvolvimento dos estudantes.

“Essa integração tem contribuído para o resultado positivo que temos hoje. O monitoramento ocorre com a entrega dos materiais didáticos, com temas diversificados e lúdicos, além das capacitações com o servidor representante do PSE na escola, para a inserção dos dados das ações nos sistemas da estratégia e-SUS APS, que serão consolidados no Sistema de Informação em Saúde para Atenção Básica (Sisab) ”, detalhou.

O resultado da integração é visto nos números. Em 2019, o município apresentava 23% de ações da saúde na escola. Em 2020, as ações subiram para 60%. A expectativa, até o próximo ano, é que o município de Porto Velho ultrapasse a marca de 80% de ações nas unidades de ensino.

Marta da Silva e Maria de Lourdes atuam no PSE Marta da Silva e Maria de Lourdes atuam no PSENa Escola de Ensino Infantil e Fundamental Guadalupe, mais de 300 alunos são assistidos pelo PSE. Segundo a representante do programa na escola, Vangela Gonçalves, o material tem sido bem adotado na escola e o retorno por parte da família tem sido satisfatório.

“Temos recebido um bom retorno pelos pais, diante de qualquer situação que esteja ocorrendo com a saúde da criança. Nos casos em que a equipe de saúde possa atender, nós encaminhamos para a unidade. É notório o envolvimento da família. Os pais gostam de saber que a escola tem o cuidado com seus filhos”, declarou.

Na Escola Municipal de Ensino Infantil e Fundamental Senador Olavo Pires não é diferente. As ações do PSE seguem em andamento, contemplando cerca de 430 alunos envolvidos com atividades voltadas à saúde e atreladas ao processo de aprendizado.

“Sabemos que quando um aluno está bem, temos um aspecto melhor no processo de aprendizagem. Tudo isso é reflexo do trabalho feito em conjunto e por essa razão obtivemos esse destaque. Nosso intuito é melhorarmos cada vez mais, sendo esse canal da saúde não somente para os alunos, como também para as famílias”, enfatizou Marta da Silva Santos, representante do PSE na escola.

MONITORAMENTO

Ao todo são 92 escolas pactuadas no PSE, entre rurais e urbanas, sendo 26 estaduais e 66 municipais, além de 23 creches. Até o momento, 16 escolas já receberam a visita da equipe do programa. Conforme explica a representante do PSE na Educação, Laís Reis de Castro, a escola só é pactuada no programa quando fica dentro da abrangência da estratégia de saúde da família.

“É preciso que haja sempre esse diálogo entre as equipes de saúde com a equipe da escola. Por isso, decidimos solicitar um representante por escola. Agora, com o retorno das aulas presenciais, estamos retomando as ações. Nosso foco principal é o trabalho de prevenção à saúde junto às crianças, evitando assim muitas doenças no futuro”, destacou.

PSE já chegou a mais de 90 unidades de ensino no município PSE já chegou a mais de 90 unidades de ensino no municípioO Programa Saúde na Escola é desenvolvido através de diversas temáticas, elaboradas de forma dinâmica com os alunos, tornando-os multiplicadores de informações refletidas em casa.

AÇÕES

Ao todo, há 13 ações pactuadas no Termo de Compromisso Municipal do Programa Saúde na Escola – PSE, são elas: Combate ao mosquito Aedes Aegypti; Promoção das Práticas Corporais; Prevenção ao uso de Álcool, Tabaco, Crack e outras Drogas; Promoção da Cultura de Paz, Cidadania e Direitos Humanos; Prevenção das Violências e dos Acidentes; Identificação de educandos com possíveis sinais de agravos de doenças em eliminação; Promoção e Avaliação da Saúde Bucal e aplicação tópica de flúor; Verificação da situação vacinal; Promoção da Alimentação Saudável e Prevenção da Obesidade Infantil; Promoção da Saúde Auditiva e identificação de educandos com possíveis sinais de alteração; Direito Sexual e reprodutivo e Prevenção das IST/AIDS; Promoção da Saúde Ocular e identificação de educandos com possíveis sinais de alteração; Prevenção a COVID-19 nas escolas.

Texto: Jaqueline Malta
Foto: Leandro Morais

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Publicidade

educamaisbrasil educamaisbrasil

Últimas notícias

Facebook