Conectado por

Rondônia, quarta, 01 de dezembro de 2021.



Saúde

Núcleo de Saúde tem média de 1.500 atendimentos por mês


Compartilhe:

Publicado por

em

Ambulatório foi referência no acolhimento a servidores com suspeita de covid-19
Núcleo funciona na Policlínica Dr. Rafael Vaz e Silva Núcleo funciona na Policlínica Dr. Rafael Vaz e SilvaCuidar de quem cuida. Esse é o slogan de atuação do Núcleo de Saúde do Servidor em Porto Velho. Com mais de mil atendimentos por mês, o serviço foi a estratégia encontrada pela Prefeitura para cuidar da saúde dos servidores municipais durante a maior crise sanitária dos últimos tempos.


Continua após a publicidade
Colégio Sapiens

O projeto de um núcleo de saúde do servidor começou através da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa). Com a chegada da pandemia da covid-19, a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) optou pela implantação de um ambulatório exclusivo para atendimento médico aos servidores.

O núcleo funciona, atualmente, na Policlínica Dr. Rafael Vaz e Silva e se converteu como unidade de referência no acolhimento a servidores com suspeita da doença. No local, são oferecidas consultas, exames e testes para a detecção da covid-19.


Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

“A lógica de criação desse núcleo é que a população não podia e não pode ficar sem o atendimento e serviços prestados pelo servidor público. Ao mesmo tempo, temos a obrigação de manter o servidor saudável e garantir o monitoramento dele em prol da saúde pública”, explica Valdir Alves, coordenador do núcleo.

Valdir Alves, coordenador do Núcleo de Saúde do ServidorValdir Alves, coordenador do Núcleo de Saúde do Servidor

O servidor Júnior Benites Pereira é professor do ensino fundamental no distrito de Jaci-Paraná e passou pelo seu primeiro atendimento no núcleo. “Como servidores públicos, temos uma rotina de trabalho bem diversificada e que chega a ser incompatível com o horário e fluxo de atendimento nas unidades de saúde. Ter um setor que prioriza nosso atendimento é confortante”, afirma.

A média mensal é de cerca de 1.500 atendimentos, entre consultas médicas, serviços de enfermagem, aplicação de testes e retornos médicos. No local, o servidor dispõe, ainda, de agendamento com especialistas da rede municipal de saúde.

“Passado o pior momento da pandemia, uma das grandes demandas tem sido o atendimento psicológico. São servidores que viram, de perto, o pior momento da crise sanitária e que perderam colegas de trabalho, mas, diante do serviço essencial, não puderam parar suas atividades”, explica Valdir.

O servidor Júnior Benites é de Jaci-Paraná e passou pelo seu primeiro atendimentoO servidor Júnior Benites é de Jaci-Paraná e passou pelo seu primeiro atendimento

A preocupação com a saúde do servidor não encontra fronteiras. O núcleo já prestou atendimentos em várias partes do município, a exemplo dos distritos de Demarcação e Nova Califórnia, separados por cerca de 500 quilômetros.

“Precisamos cuidar daqueles que cuidam. Por isso, é extremamente importante zelar pela saúde do servidor ao longo de todo o ano”, finaliza o coordenador.

O núcleo de saúde do servidor fica localizado na Policlínica Dr. Rafael Vaz e Silva, situada na rua Jacy-Paraná, n. 1943, bairro Mato Grosso.

Texto: Pedro Bentes
Foto: Leandro Morais

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Publicidade

educamaisbrasil educamaisbrasil

Últimas notícias

Facebook