Conectado por

Rondônia, sexta, 03 de dezembro de 2021.



Geral

RECUPERAÇÃO DOS SERVIÇOS AUMENTA A PROJEÇÃO DE VENDAS DO FINAL DE ANO


Compartilhe:

Publicado por

em

Para o presidente do Sistema do Comércio, Raniery Araujo Coelho, as vendas do Dia das Crianças melhoram as expectativas de uma recuperação da economia em 2022.


Continua após a publicidade
Colégio Sapiens

Enquanto a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) reavaliou o crescimento da receita dos serviços em 2021 de 6,2% para 6,4%, com base nos dados da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS) de agosto, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em Rondônia a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Rondônia-Fecomércio/RO, acompanhando as expectativas positivas dos empresários do comércio, informa que também no estado teremos a maior taxa anual de crescimento do setor desde o início da pesquisa (2011) com um crescimento de 14% do setor serviços o que, no entanto, ainda é visto como insuficiente para compensar as perdas do ano passado.

Segundo avalia o Departamento Econômico da entidade que o volume de receitas do setor tem crescido consistentemente ao longo do ano o que se expressa num aumento constatado em agosto de 23,4% em comparação com agosto do ano passado, sendo também o oitavo mês consecutivo de expansão. O aumento é atribuído ao aumento da vacinação e a retomada de alguns grupos de atividades, destacando-se os bares e restaurantes, os setores de hospedagem e de entretenimento e os serviços prestados às famílias. A queda do isolamento social fez com que alguns setores, como os de balneários e alojamentos, tenham tido um desempenho acima de 60% o que impacta muito positivamente os serviços. Para o presidente da Fecomércio Rondônia, Raniery Araujo Coelho, “os resultados alcançados no Dia da Criança, neste começo de outubro, aumentaram muito a  expectativa de que teremos o melhor fim de ano dos últimos anos”.  Como também se observa uma recuperação bastante forte  do setor de turismo há uma projeção de um avanço de 25% no volume de receitas do setor, em 2021. A Federação do Comércio também antecipa a previsão de uma recuperação do setor para o primeiro trimestre de 2022. A reação também tem sido observada no mercado de trabalho, inclusive com um sensível aumento das contratações temporárias de final de ano que tiveram um acréscimo de 20%. O setor econômico da entidade considera que, sem dúvida,  o avanço na imunização permitindo um maior fluxo de consumidores tem sido essencial para a recuperação do comércio e dos serviços e que os novos indicadores e as previsões do fim da epidemia devem ser um fator importante para impulsionar as vendas de fim de ano.

Publicidade

educamaisbrasil educamaisbrasil

Últimas notícias

Facebook