Conectado por

Rondônia, sexta, 15 de outubro de 2021.



Executivo

Capacitação de profissionais marca Dia Nacional de combate à sífilis


Compartilhe:

Publicado por

em

Palestra vai apresentar atualização sobre o enfrentamento da doença no município


Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

 

Profissionais serão capacitadosProfissionais serão capacitadosO Dia Nacional de Combate à Sífilis, celebrado em 13 de outubro, será marcado, em Porto Velho, por atividades relacionadas à conscientização sobre as medidas preventivas e tratamento da infecção. Uma delas será a palestra ministrada pela enfermeira e sexóloga Liney Maria Araújo.


Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

 

A palestra será proferida no auditório do Conselho Regional de Medicina (Cremero), na avenida Migrantes, às 7h30. Neste local, as atividades seguem até às 12h e acontecem também das 13h às 18h.

 

Será um momento de capacitação dos profissionais da saúde e vai apresentar atualizações sobre a importância do combate e tratamento da doença no município. Também estarão presentes, além de servidores que atuam nas unidades de atendimento, os médicos e a secretária municipal de saúde, Eliana Pasini.

 

SEMANA

No âmbito da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) foi elaborada a Semana Porto-velhense de Mobilização contra a Sífilis e a Sífilis Congênita: Desafios e Possibilidades para Controle e Eliminação.

 

 

É importante fazer o teste rápido para iniciar o tratamento É importante fazer o teste rápido para iniciar o tratamentoA sífilis é uma Infecção Sexualmente Transmissível (IST) que pode ser prevenida com o uso da camisinha em todas as relações sexuais.

 

“A sífilis traz graves consequências a mulher gestante quando não é tratada. A infecção pode colocar em risco não apenas a saúde da mãe como também a do bebê durante a gestação”, adverte Maria Lurdes, coordenadora da Vigilância das Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST).

 

Segundo ela, é importante fazer o teste rápido para iniciar o tratamento já na primeira consulta, caso o resultado seja positivo.

 

A infecção é a segunda principal causa de morte evitável em todo o mundo. O diagnóstico e o tratamento podem ser realizados com baixo custo e pouca ou nenhuma dificuldade nas Unidades de Saúde do município.

 

O Dia Nacional de Combate à Sífilis foi instituído em 2017, pela Lei 13.430/2017, passando a considerar o terceiro sábado do mês de outubro como o dia D na luta contra a doença.

 

 

Texto: Semusa
Foto: Wesley Pontes

 

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Publicidade

GOVERNO DE RONDÔNIA educamaisbrasil educamaisbrasil

Últimas notícias

Facebook