Conectado por

Rondônia, quinta, 21 de outubro de 2021.



Executivo

Projetos de música e pintura atendem mais de 50 alunos da Escola Valdir Monfredinho, em Pimenta Bueno


Compartilhe:

Publicado por

em


Continua após a publicidade
Colégio Sapiens

A instituição possui 320 alunos matriculados e atendidos em período integral


Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

 

Buscando criar um espaço de aprendizagem diferenciado, com foco na cidadania, na diversidade e no respeito aos direitos humanos, o Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), tem atendido 58 estudantes com o projeto “Guaporé” de Educação Integral, na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Professor Valdir Monfredinho, localizada em Pimenta Bueno.

A instituição possui 320 alunos matriculados, em período integral, que são atendidos com os componentes curriculares da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), com eixos temáticos que visam uma preparação específica para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), além dos projetos “Arte e criatividade na escola” e “Letras e canções”.

Aluna participa do projeto de pintura na escola

A diretora da instituição, Rosângela Mendes, ressalta que “esses projetos estão em evidência e são muito importantes para nossa escola. Eles estão contribuindo para o processo de ensino e aprendizagem de nossos alunos”.

MÚSICA

O projeto de música “Letras e Canções”, possibilita o estímulo à função cognitiva, a emoção, a audição entre outros fatores importantes e capazes de transformar as informações em conhecimentos significativos para o estudante.

No momento, o projeto atende 17 alunos com aula de violão, divididos em 2 turmas (1ª equipe com sete e a 2ª turma com 10 alunos). Cada turma é atendida uma hora por semana.

PINTURA

O projeto de pintura “Arte e Criatividade na Escola” visa proporcionar ações pedagógicas para estimular os estudantes no interesse por diversos tipos de expressões artísticas, favorecendo o protagonismo juvenil por meio da imaginação que estimula a comunicação, a criatividade, sensibilidade e aumenta a capacidade de concentração e expressão das crianças, tornando o espaço escolar num ambiente favorável à aprendizagem.

Atualmente, o projeto atende 29 alunos, divididos em duas equipes (1ª equipe com 15 e a 2ª turma com 14 alunos). Cada turma é atendida duas horas por semana. “O projeto surgiu através da professora Ester Rabelo que atende a sala do Atendimento Educacional Especializado (AEE). A princípio, a proposta era atender os alunos da sala de recursos, mas em seguida, propomos uma ampliação para os alunos que manifestarem interesse”, explica Rosângela.

Publicidade

GOVERNO DE RONDÔNIA educamaisbrasil educamaisbrasil

Últimas notícias

Facebook