RONDONIA RO
Conectado por

Rondônia, quinta, 05 de agosto de 2021.



Destaque

Governo de Rondônia transfere 69 pacientes do Pronto-Socorro João Paulo II para outras unidades hospitalares


Compartilhe:

Publicado por

em


Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

Equipes médicas têm atuado na transferência de pacientes do Pronto-Socorro João Paulo II para outras unidades hospitalares

 


Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

O Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) montou uma força-tarefa na quinta-feira (15) e sexta-feira (16), para desafogar o Pronto-Socorro João Paulo II, em Porto Velho. Durante a ação “Esvazia João Paulo II”, foram transferidos para outras unidades 69 pacientes. Nos últimos 30 dias, esta é a segunda operação para solucionar a questão de pacientes nos corredores da unidade hospitalar, devido ao grande número de atendimentos voltados a vítimas de acidentes de trânsito.

O secretário de Saúde, Fernando Máximo, conta que foi uma madrugada intensa de muito trabalho e, os pacientes foram transferidos para leitos particulares e, outros realocados na rede hospitalar do Estado. “Todos estão bem alocados, melhor assistidos e com tratamento mais digno. Essa guerra com o João Paulo II em relação a superlotação já existe há anos. Muitos dos pacientes estão na unidade em decorrência de acidentes de trânsito, por isso, a superlotação. Peço à população que tenham mais cautela no trânsito para que não haja acidentes e, assim, a superlotação não aconteça”, salienta.

Máximo reforça ainda que a atual gestão tem como prioridade a construção do novo hospital de urgência e emergência de Rondônia. “Estamos subindo degrau por degrau para que esse sonho seja realizado. Com isso, o novo hospital terá 399 leitos, 64 vagas de UTIs e dez salas de cirurgias, melhorando, assim, o atendimento à população”, conclui.