Conectado por

Plural Saúde

G1

Preço da gasolina sobe 11,79% em Porto Velho em um ano, diz pesquisa


Publicado por

em


Monitoramento é do Programa de Educação Tutorial (PET) e foi divulgado nesta terça-feira (9) pela Universidade Federal de Rondônia (Unir). Valor da gasolina chegou a R$ 5 em Porto Velho em janeiro
Marcelo Brandt/G1
O preço médio da gasolina teve um aumento de 11,79% nos postos de Porto Velho entre janeiro de 2020 e janeiro de 2021, de acordo com pesquisa do Programa de Educação Tutorial (PET) divulgada nesta terça-feira (9) pela Universidade Federal de Rondônia (Unir).
Conforme a pesquisa, no início do ano passado o litro da gasolina custava R$ 4,21, em média. Já em janeiro de 2020 o valor médio era de R$ 4,78.
No último mês, a pesquisa indica que a diferença no preço da gasolina entre os postos chegou a 7,99%. Em termos monetários, isso representa R$ 0,37 de diferença por litro, que variou entre R$ 4,63 e R$ 5.
Diesel
No acumulado dos últimos 12 meses, o preço do litro do diesel teve aumento de 5,90% (saiu de R$ 3,71 em janeiro de 2020 para R$ 3,96 em janeiro de 2021).
No início deste ano, a diferença no preço do diesel de um posto para outro chegou a 12,88%, o que equivale a R$ 0,48 por litro, que varia de R$3,72 e R$4,20.
Etanol
No acumulado dos últimos 12 meses, segundo a Unir, o preço do litro teve aumento de 5,26%. Atualmente, o preço médio do combustível é de R$3,85 em Porto Velho.
Em janeiro de 2021, a diferença no preço do etanol entre os postos de combustíveis chegou a 18,76%. Em termos monetários, isso é R$0,68 de diferença por litro, que custa de R$3,62 a R$4,30.
Custo-benefício
Na mesma pesquisa, o PET fez o cálculo de custo-benefício entre os combustíveis e, atualmente, o preço do etanol corresponde a 80% do preço da gasolina comum.
“Nesse caso, o uso do etanol não é recomendado, a não ser que o custo-benefício seja abaixo de 70%. Levando-se em conta que o preço médio da gasolina comum é de R$4,78, então o preço do álcool deveria ser de, no máximo, R$3,35”, diz a pesquisa.

Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

Fonte: G1 Rondônia

Comentários do Facebook - Comente