Conectado por

Plural Saúde

Carros

Ford desiste de fabricar veículos no Brasil


Publicado por

em

A Ford Motor Company anunciou na última segunda-feira, 11.1, que encerra suas operações de manufatura no Brasil em 2021, mas que continuará atendendo os consumidores na América do Sul com um portfólio de veículos, incluindo SUVs, picapes e veículos comerciais, provenientes da Argentina, Uruguai e outros mercados.

Relacionadas:


Continua após a publicidade

Ford já tem interessado em fábrica de Camaçari, afirma governador da Bahia


Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

Fechamento da Ford demonstra falta de credibilidade do governo, diz Maia

Fábrica da Ford encerra a produção de veículos no Brasil


Continua após a publicidade

“A Ford está presente há mais de um século na América do Sul e no Brasil e sabemos que essas são ações muito difíceis, mas necessárias, para a criação de um negócio saudável e sustentável”, disse Jim Farley, presidente e CEO da Ford.

A produção será encerrada imediatamente em Camaçari e Taubaté, mantendo-se apenas a fabricação de peças por alguns meses para garantir disponibilidade dos estoques de pós-venda. A fábrica da Troller em Horizonte continuará operando até o quarto trimestre de 2021.

A empresa irá trabalhar imediatamente em estreita colaboração com os sindicatos e outros parceiros no desenvolvimento de um plano justo e equilibrado para minimizar os impactos do encerramento da produção.

CAMINHÕES NA AMÉRICA DO SUL

“Nosso dedicado time da América do Sul fez progressos significativos na transformação das nossas operações, incluindo a descontinuidade de produtos não lucrativos e a saída do segmento de caminhões”, disse Lyle Watters, presidente da Ford América do Sul e Grupo de Mercados Internacionais.

Como resultado, a Ford encerrará as vendas do EcoSport, Ka e T4 assim que terminarem os estoques. As operações de manufatura na Argentina e no Uruguai e as organizações de vendas em outros mercados da América do Sul não serão impactadas.

Texto: Sérgio Dias
Foto: Divulgação

Comentários do Facebook - Comente

Publicidade

Mais destaques

Facebook