Conectado por

Plural Saúde

Geral

Conheça Ana Carla Carlos, estudante aprovada em seis universidades no exterior


Publicado por

em

Conheça Ana Carla Carlos, estudante aprovada em seis universidades no exterior

Para dar continuidade nos estudos, Ana Carla lançou uma campanha para arrecadar recursos


Continua após a publicidade

Ser agente de transformação é o sonho da estudante baiana Ana Carla Carlos, 30. Para realizar seu sonho, ela está lançando uma campanha para arrecadar recursos para conseguir cursar o mestrado no Instituto Universitário de Altos Estudos Internacionais (IHEID), na Suíça. Essa foi a instituição escolhida entre as seis opções onde a estudante foi aprovada.

Formada em Relações Internacionais e com MBA em Gestão de Projetos, Ana sempre buscou novos desafios e oportunidades para aprofundar seu conhecimento, apesar de encontrar diversos obstáculos no caminho. Moradora de Cajazeiras, zona periférica de Salvador, a mãe de Ana precisou escolher entre objetivos próprios ou a educação da filha, decidindo sempre pela segunda opção. Frequentando uma escola particular tradicional de Salvador por meio do esforça da mãe, Ana pôde vivenciar um pouco dos dois mundos a qual estava inserida.


Continua após a publicidade

“Quando eu era criança não conseguia entender porque todos os meus colegas estudavam em escolas públicas ou particulares do bairro que eram bem simples e eu em uma escola caríssima, de qualidade excelente, com estudantes que tinham condições financeiras. Durante a minha adolescência, quando fui entendendo meu papel no mundo, isso se tornou muito mais forte e eu queria poder fazer alguma coisa. Meu desejo era fazer com que não só eu, mas outras pessoas que viessem da periferia também pudessem ter a mesma oportunidade que tive”, explica Ana.

A escolha da graduação foi justamente por esse desejo permanecer em sua vida. “Decidi fazer relações internacionais porque tinha interesse em entender porque alguns países podiam oferecer segurança, saúde e educação para os seus cidadãos e outros países, como o Brasil, não podiam”, explica. Ao concluir a graduação, ela continuou investindo nos seus estudos. Mesmo após ter concluído o MBA em Gestão de projetos e ter experiências de atuação muito importantes, além de intercâmbio, Ana sentia que precisava de algo mais e queria ir além.  Seu objetivo agora é o Mestrado.

“Comecei a pesquisar umas universidades. Aprendi com minha mãe que quando um desafio aparece a gente tem que meter as caras e tentar. Aí decidi me candidatar para seis universidades, porque percebi que era uma forma de eu aprofundar meu conhecimento, de absorver de fato tudo o que era de ponta na área de políticas públicas e estudos para o desenvolvimento, e felizmente fui aprovada em todas.”

A escolha não foi fácil. Sua opção pelo IHEID foi justamente pelo seu reconhecimento internacional, além de estar dentro da sede europeia das Nações Unidades, em Genebra.  “É um local que tem muitos eventos e empresas discutindo políticas públicas o tempo todo, respirando formas para reduzir desigualdades e encontrar soluções diferentes para melhorar a vida das pessoas. Essa foi a minha principal razão da escolha”, conta.

A campanha

Para conseguir realizar esse objetivo, ela precisou se dividir entre produzir material para sua campanha de arrecadação, dar aulas de inglês em todos os turnos, preparar atividades para os alunos, escrever cartas para empresas, pedir apoio à professores e amigos, e ainda acompanhar o andamento do Mestrado.

Sua campanha que se encerra no dia 28 de julho conta com bazar de livro, brechó de roupas, sorteio de tatuagens, rifa e uma vaquinha online. O valor pedido corresponde a pouco mais de 50% do necessário para que ela consiga se manter durante um ano, garantindo sua moradia, material de estudos, transporte, alimentação. Além disso, para garantir o visto de estudante, o governo Suíço exige uma prova de fundos financeiros.

As doações para a campanha podem ser feitas através do link www.catarse.me/ajude_ana_a_estudar_na_suica. Nesse site são doados valores acima de R$ 20,00.  Além disso, através do perfil no Instagram @ajudeanaaestudar, são disponibilizados dados bancários e informações com outras opções de doação. A estudante também aceita doações e em troca, oferece mentoria e videoaula de inglês.

Os desafios são muitos, mas isso não desanima a estudante. “Esse objetivo está sendo muito importante para mim, esse propósito que eu tenho de mudar a vida das pessoas através da educação, e reduzir desigualdades é uma coisa que realmente toca meu coração, é um objetivo muito forte que eu tenho e não meço esforços para fazer isso acontecer”, conclui Ana Carla.

 

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Comentários do Facebook - Comente

Publicidade

Mais destaques

Facebook