Conectado por

Plural Saúde

Política

Para chapa 2 “Mudança já” eleição sindical às vésperas do Carnaval torna SINDSEF antidemocrático


Publicado por

em


Continua após a publicidade

A reportagem teve acesso a uma postagem em grupo de Whatsapp em que a Chapa 2 ‘Mudança já’ questiona o calendário eleitoral do Sindicato dos Servidores Federais (SINDSEF), Rondônia, que acontece sempre entre as festas de Final de Ano e a véspera de Carnaval e aponta que isso tornaria o Sindicato antidemocrático, dificultando a participação da base numa das questões mais importantes da entidade: a eleição da diretoria.

O processo eleitoral do SINDSEF, com inscrição de chapas, campanha e votação, acontece justamente quando a maior parte da categoria está de férias ou recesso. Essa estratégia de realizar eleições neste período é a principal características de sindicatos considerados “pelegos”, ou seja, antidemocráticos e cujas direções estariam mais preocupadas em se perpetuar no poder, com seus projetos pessoais e políticos partidários.

A votação das eleições 2020 do SINDSEF será no dia 20 de fevereiro, apenas um dia antes do Carnaval. A Chapa 2 considera que isso seria totalmente antidemocrático, pois com o feriadão super prolongado uma grande quantidade de servidores estarão viajando com suas famílias, não só os que gostam da “folia”, mas há retiros espirituais, visitas à familiares em outros estados, praias e outros. Com isso haverá uma enorme redução no número de servidores votantes.

Citam como exemplo de processo eleitoral mais democrático as eleições do SINTERO, que é sempre realizada no mês de novembro, período em que a categoria está praticamente toda nos locais de trabalho. Isso facilitaria a montagem de chapas de oposição, permitindo uma ampla participação da base nos debates eleitorais e garantindo um grande comparecimento à votação. A última eleição do SINTERO foi em novembro de 2017 e contou com três chapas inscritas na disputa e teve como resultado: para a Executiva a chapa 1 saiu vencedora com 4.982 votos contra 4.479 votos da chapa 2 e 934 votos da chapa 3.

A Chapa 2 entende que, com as eleições realizadas sempre neste período entre o Final de Ano e à véspera do Carnaval, a diretoria do SINDSEF teria muito mais facilidade para se perpetuar no poder, pois dificultaria a montagem de chapas de oposição; além de diminuir a participação da categoria nos debates das propostas e provocar uma redução grande na quantidade de votantes, que normalmente não chegaria à 5.000 eleitores, aproximadamente de 1/3 da categoria. A chapa de oposição está assumindo publicamente o compromisso de que, se eleita, as futuras eleições no SINDSEF serão realizadas sempre no mês de novembro.

Fonte: Portalrondonia.

Comentários do Facebook - Comente