educamais
Conectado por

Plural Saúde

Geral

Sisu registra mais de 800 mil inscrições no primeiro dia


Entretanto, mesmo com as inconsistências, 826 mil inscrições foram registradas até a noite da última terça-feira, segundo o Ministério da Educação (MEC).

Publicado por

em

Estudantes relataram instabilidade no site


Continua após a publicidade

 No primeiro dia de inscrições no Sistema Seleção Unificada (Sisu), que tiveram início nesta terça-feira (21), 826 mil participantes conseguiram fazer cadastro das opções de curso em instituições públicas de ensino, segundo apuração do Ministério da Educação (MEC).  No entanto, muitos estudantes relataram instabilidade no site.

Os problemas foram detectados no momento de fazer login, dentre os quais incluíram erros ao acessar a página do participante, para escolher os cursos e, ainda, página sem nenhuma informação.


Continua após a publicidade

Por causa dos erros nas correções dos gabaritos, o cronograma do processo seletivo do Sisu sofreu alterações. A princípio, as inscrições seriam até a próxima sexta-feira, dia 24, mas foram prorrogadas por mais dois dias, seguindo até domingo (26).


Continua após a publicidade
Educa Mais Brasil

Saiba como fazer a inscrição

O aluno que realizou as provas do Enem e não zerou a redação deve acessar a página do Sisu e escolher até dois cursos em uma instituição pública de ensino.


Continua após a publicidade

Aqueles com notas satisfatórias para a primeira opção de curso serão selecionados. Caso contrário, poderão, ainda, ser contemplados com a segunda opção.

O estudante contemplado deverá realizar a matrícula até o dia 4 de fevereiro, mesmo prazo para os alunos que optarem por entrar na lista de espera.

Para quem não quer aguardar as notas de corte, existe a possibilidade de ser contemplado com uma bolsa de estudo através do Educa Mais Brasil. O programa de iniciativa privada conta com parcerias em instituições privadas em todo o país e está com inscrições abertas. Basta acessar o site e garantir uma vaga para o início do ano letivo.

 

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Comentários do Facebook - Comente

Publicidade

Mais destaques

Facebook