Conectado por


Destaque

FLOR DO MARACUJÁ: Aleks media acordo entre Executivo e Federação

Publicado por

em

38ª edição do festival acontecerá de 26 de julho a 04 de agosto no Parque dos tanques, segundo Federon prazo permitirá melhor organização de grupos

Com um aporte de R$ 200.000,00, entre outros benefícios garantidos pela Secretaria da Juventude, Cultura Esporte e Lazer (Sejucel) à Federação de Quadrilhas e Bois Bumbás de Rondônia (Federon), chegou ao fim o impasse durante a audiência pública promovida pelo Professor Aleks Palitot na manhã desta terça-feira (04), na Câmara Municipal.

“Nos reunimos para buscar um denominador, pois o grande duelo deve acontecer na arena entre os bois e a competição entre as quadrilhas. É importante que os lados se desarmem e busquem o melhor para a cultura, para que tenhamos um festival que gere interatividade, promova a recuperação de jovens e fomente a economia criativa em nosso município”, afirmou o vereador durante a abertura da audiência.

Segundo Palitot, “o rio possui os dois lados, queremos aqui construir uma ponte e buscar, desta forma, uma solução para o bem comum, pois não podemos perder nossa tradição, à exemplo do que ocorreu em Guajará Mirim, com o Duelo da Fronteira”, ressaltou o edil.

Fomento

De acordo com o superintendente da Sejucel, Jobson Bandeira, além do aporte financeiro garantido pelo Governo do Estado, “iremos repassar 10% do valor dos patrocínios fechados, a renda dos camarotes, de uma barraca e garantir três ônibus para o transporte dos brincantes do grupo de acesso”.

Em relação aos valores cobrados o Secretário assegurou que o valor máximo cobrado nas barracas será de R$ 500 e o mínimo de R$ 100 para os comerciantes que desejarem participar do festival, o que agradou os barraqueiros presentes a audiência.

“Sofremos muito para fazer cultura, por vezes os grupos ensaiam o ano inteiro para este momento e o impasse era o fomento. Não havia uma política para o festival e nem recurso destinado para um evento tão tradicional na capital. Nesta audiência começamos a ter o alinhamento e o que queremos é a segurança para os grupos”, afirmou o presidente da Federon, Fernando Rocha.

Palitot lembrou que esta é uma vitória do município e é importante ressaltar que o acordo começou a ser costurado pelo Deputado Estadual Jair Montes, na Assembleia, contando ainda com o apoio do Deputado Marcelo Cruz, Eyder Brasil, Ezequiel Neiva, do Presidente da Câmara Edwilson Negreiros e da vereadora Elis Regina, “sem o quais não conseguiríamos esse resultado positivo para a população de Porto Velho”, declarou.